Cookies no Website da PokerNews

Utilizamos cookies para suportar caraterísticas como o login e votos, permitindo que os nossos parceiros analisem a utilização do site. Mantém as cookies ativadas para ter acesso à experiência completa que o site tem para oferecer. Ao navegares pelo nosso site com as a cookies ativadas estás a permitir o seu uso. Visita a nossa informação sobre cookies para mais detalhes.

Continuar usando cookies
edit

World Series of Poker 2010 November Nine: Jonh Racener

john racener november nine

Com Novembro mesmo aí ao virar da esquina e a mesa final do Main Event das World Series of Poker quase a realizar-se, vamos passar em revista os 9 jogadores presentes na mesma e saber o que esperar dos mesmo no próximo dia 6 de Novembro.

Se Michael Mizrachi não estivesse presente nesta final table com certeza que neste últimos quatro meses apenas se teria ouvido falar no nome de John Racener. Ofuscado na sombra de Mizrachi, Racener teve que se contentar com o segundo lugar no pódio de interesse dos média. Com 19,050,000 fichas, Racener está em quarto lugar da contagem e a um pote de estar de novo na luta pela bracelete.

Racener tem 24 anos e é um Full Tilt Poker Red Pro. Originário de Port Richey, Flórida, Racener joga poker desde os 16 anos, altura em que praticava quase todos os desportos no liceu. Em menos de um ano o seu depósito inicial de $50 já valia mais de $30,000 e os seus pais perceberam que deveriam apoiá-lo na prática deste desporto. Após terminar o seu curso de Artes na Universidade do Sul da Flórida, o poker começou a consumir cada vez mais tempo na sua vida.

A carreira profissional de Racener começou sem que ele desse por isso e nem sequer conseguir evitar que a mesma pudesse acontecer. Parece estranho mas é muito simples. Quando estava a celebrar o seu 21º aniversário em Atlantic City, Racener ganhou um prémio de 6 dígitos e ficou em terceiro lugar num torneio do circuito WSOP, atenção, esta era a sua primeira participação num torneio ao vivo. Isto aconteceu no inverno de 2006 e passado um ano Racener ganhou o anel da vitória num torneio do circuito, também em Atlantic City. Este começo fulgurante permitiu a John que começasse a participar nos torneios de $10,000 do WPT e WSOP, o seu real objectivo. Nas WSOP 2007 fez 2 ITM, e em 2008 chegou à final table do, agora extinto, $2,500 Omaha/Stud Hi-Lo. Em 2009 fez 4 ITM e em 2010 fez outros 4, ainda estando na final table o melhor ano de sempre só pode melhorar. Já depois de fazer parte dos November Nine Racener foi a Londres jogar as WSOPE e chegou à final table do £5,000 Pot-Limit Omaha, o seu número de ITM em eventos WSOP subiu para 12.

O prémio mínimo deste November Nine faz com que Racener ultrapasse a barreira dos $2 milhões em prémios, e se a coisa correr bem pode mesmo subir bastante. Se ganhar este Main Event poderá ficar em 11º lugar na all-time money list. Isto sem contar com os seus resultados online que já ultrapassam $1 milhão, onde se incluem o $500,000 Guarantee na PokerStars ("$30K") e um terceiro lugar no Full Tilt Poker $750,000 Guarantee ("POCKET FIVE") em 2009. Neste momento só se fala de Mizrachi mas na segunda-feira poderá ser que só se fale de Racener.

Como aqui chegou

O Main Event de Racener foi bastante calmo nas fases intermédias do torneio, as coisas só aqueceram realmente quando a altura das grandes decisões chegou. Depois da calmaria dos dias 5 e 6, foi a sorte que o colocou sob as luzes da ribalta. O short-stack Manig Loeser foi all in com {6-Diamonds}{6-Spades} e Racener foi all in por cima com {q-Diamonds}{q-Hearts}. John May deu call com {a-Diamonds}{a-Clubs} e parecia o fim do torneio para os dois jogadores. Por sorte, uma {q-Spades} no flop deixou Racener na liderança (4,5 milhões) com 176 jogadores activos.

Racener era o terceiro da contagem quando o dia 7 começou, logo atrás de Mizrachi e do chip leader Theo Jorgensen. Esta ordem mudou rapidamente com ajuda deste pote: Duy Le abriu o pote com {10-Hearts}{10-Clubs} e Racener deu 3-bet com o seu {3-Clubs}{6-Clubs}. Le fez call e repetiu o movimento à continuation bet feita após verem o flop {8-Diamonds}{10-Spades}{9-Hearts}. A agressividade de Racener deu-lhe uma carta grátis no turn, {4-Clubs}. O river foi um {7-Clubs} e Racener completou o seu straight e ainda conseguiu extrair fichas Le, Racener tinha 8,5 milhões no final desta mão. Com 57 jogadores activos Racener crackou o {k-Clubs}{k-Clubs} de Matt Harris com o seu {a-Hearts}{k-Diamonds}, all in pré-flop. A board {q-Spades}{3-Spades}{7-Hearts}{j-Spades}{a-Clubs} deixou Racener com 10,21 milhões e fichas.

Com 27 jogadores em jogo Racener andava pelo oitavo lugar e assim regressou para jogar o dia 8. Quando jé se jogava em duas mesas Racener já tinha 22,47 milhões e estava em segundo lugar atrás do canadiano Pascal LeFrancois. Pouco depois John eliminava o favorito do público, Hasan Habib, na 14ª posição. Racener e o seu {a-Clubs}{k-Clubs} derrubaram o {a-Diamonds}{9-Diamonds} de Habib, acaba assim uma maratona short-stack para Habib. Racener ainda dobrou Mizrachi mas pouco depois apanhou Jarvis num bluff e disse algo que nem vou traduzir: "No fear, Racener's here".

Racener acabou por perder algumas fichas já na dramática altura em que se jogava ten-handed, a bubble do November Nine. Filippo Candio segurava {a-Spades}{a-Hearts} e conseguiu extrair 8,8 milhões de fichas a Racener e ao seu {a-Clubs}{k-Clubs}.

A ter em atenção

O facto que mencionado no início sobre Racener ter passado estes quatro meses na sombra de Michael Mizrachi, pode ter sido muito benéfico para ele. Sendo um jogador patrocinado, Racener deu bastantes entrevistas e esteve no foco das objectivas, contudo não foi a "cara da final table", essa pressão foi passada a outro. Por tudo o que já conseguiu, Racener não é muito "gabarola", é uma pessoa reservada, algo um pouco estranho se virmos a maneira como se comporta na mesa. No computo geral, Racener está numa situação onde não deverá sentir muita pressão, se é que existe hipótese de não sentir muita pressão numa situação destas.

Racener está numa em boa forma para conseguir algo grande, tem trabalhado com um treinador mental e espera colher frutos disso. Desde Julho que John parece muito sereno e relaxado nas suas entrevistas. Se falasse com ele na semana passada não se aperceberia que ele está a jogar para $8,9 milhões de dólares.

Racener começará a final table no quarto lugar em fichas, 19,050,000, ou seja, 38 big blinds. É verdade que ele nunca esteve neste palco mas dos 9 jogadores que restam, apenas ele e Mizrachi sabem o que é estar nestas situações e vencer um grande troféu.

Para além da experiência, a posição parece estar a favor de Racener neste fim de semana. Ele está sentado no lugar 7 e tem os chip leaders nos lugares 3 e 4, tem também posição sobre Michael Mizrachi, algo que pode ser bom dependendo da maneira como a mesa se comportar. Candio, o italiano pode ser a surpresa desta mesa, está sentado à esquerda de Racener.

O Live Report PokerNews trará até vós toda a emoção da Final Table do Main Event WSOP 2010 a partir do dia 6 de Novembro. Até lá podem seguir as notícias ao minuto no nosso Twitter e Facebook, a PokerNews tem o exclusivo do Live Report WSOP.

Comments

Sem comentários. Sê o primeiro a opinar.

O que pensas?
Regista-te para deixares um comentário ou faz login no Facebook

O Mais Popular desta Semana