Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

World Series of Poker November Nine: Kevin Schaffel

World Series of Poker November Nine: Kevin Schaffel 0001

Apesar se ser o membro mais velho dos November Nine, não esperem que Kevin Schaffel, de Coral Springs, se curve perante os rapazes mais novos da mesa. Tendo jogado poker já há mais de 40 anos, Schaffel pode não ser tão intimidante como os seus oponentes mais novos e mais conhecidos, mas tem de certeza a experiência para levar para casa o maior título do mundo do poker. Considerando que terminou em segundo no Main Event World Poker Tour Legends of Poker em Augusto, colectando $471,670, não será surpresa se este jogador patrocinado pela PokerStars fizer um bom resultado na fase final do evento.

Caminhada para os November Nine

Enquanto que grande parte das atenções da mesa final do Main Event WSOP se viraram para Phil Ivey, Jeff Shulman e Darvin Moon, Schaffel calmamente construiu a sua stack através de um misto de agressividade e perspicácia em reconhecer quando os seus oponentes estavam fracos. Um exemplo do talento de Schaffel em apanhar tells ocorreu numa mão em Schaffel não deixou os seus oponentes ver o flop. Nessa mão, Schaffel abriu pré-flop com uma aposta de 425,000. Shulman, no botão, aumentou para 1.4 milhões e levou call do chip líder Darvin Moon. Apesar de ter duas stacks consideravelmente grandes contra si, Schaffel fez re-raise para 5.8 milhões sem hesitar e forçou Shulman e Moon a largar as suas mãos, acumulando 2,8 milhões de fichas no processo.

Schaffel nunca teve problemas em atirar todo o seu dinheiro para o centro da mesa no seu caminho para a mesa final, sempre que sentia que teria vantagem sobre os seus oponentes . Numa mão grande contra Jamie Robbins (hijack), Ludovic Lucay (small blind), e Steven Begleiter (big blind) , Schaffel abriu com uma aposta de 300,000 em middle position. Todos os três jogadores fizeram call e veio o flop {a-Hearts}{4-Hearts}{2-Spades}. Check até Schaffel , e este aposta 850,000. Begleiter e Lacay desistem rapidamente e Robbins faz call. O turn trouxe {j-Spades} e ambos jogadores fazem check. O {6-Diamonds} caiu no river e Schaffel atira uns agressivos 1.5 milhões para o pote, o suficiente para tirar Robbins da mão.

A ter em Atenção

Não espere que Schaffel deixe os mais novos levar a melhor. Chegando à mesa na sexta posição em fichas com 12,390,000, apenas precisa de evitar desaires contra stacks grandes para ter uma hipótese de chegar longe. É possível que se mantenha longe da confusão numa fase inicial e dar uso à sua experiência para evitar pisar minas deixadas pelos seus oponentes. O bom resultado no WPT em Agosto deverá aumentar a confiança de Schaffel na mesa final, por isso não espere que cometa erros de novato.

Schaffel estará sentado à esquerda de Phil Ivey, o que significa que terá posição sobre o jogador com mais talento do mundo, o que será vantajoso para ele. Apesar de ser um bom lugar não é ideal pois tem duas stacks consideravelmente grandes à sua esquerda, Begleiter e Buchman, ambos com mais do dobro dos 12 milhões de Schaffel.

[I]A PokerNews estará em Las Vegas para lhe trazer toda a informação da mesa final das WSOP. Não se esqueça de acompanhar a acção no nosso Live Report.

Mais notícias

O que pensas?