World Series of Poker November Nine: Phil Ivey

  • Michael Friedman/BlocoDaBarraMichael Friedman/BlocoDaBarra
World Series of Poker November Nine: Phil Ivey 0001

Phil Ivey é uma lenda viva, não existem dúvidas sobre isso. É o melhor "all around player" do mundo, qualquer que seja o jogo, Phil sente-se sempre confortável e o seu desempenho é sempre acima da média. Em Novembro quando se sentar na final table do Main Event das World Series of Poker Ivey poderá adicionar ao seu já longo currículo mais um êxito. Ivey entra na mesa à frente dos adversários em 2 aspectos, é o mais conhecido e ao mesmo tempo o mais temido.

Quando descobriu que tinha jeito para jogar poker, Ivey era conhecido por "Jerome" visto que não tinha idade legal para jogar nos casinos de Atlantic City. Assim que fez 21 anos, Ivey começou a construir a sua história de êxito no jogo. Aos 23 anos ganhou a sua primeira bracelete nas WSOP, foi num torneio de $2,500 Pot-Limit Omaha, desde aí que ele começou a deixar a sua marca no jogo.

Em 2002 ganhou 3 braceletes, em 2005 ganhou uma e em 2009 já tem 2 e correr ainda pela 3 e mais desejada de todas. Ivey já provou ser imparável em qualquer que seja a variante jogada, para além das braceletes conquistadas, Ivey já ganhou milhões nos maiores cash games online e ao vivo de todo o mundo. Phil soma e segue e senão bastasse todo o seu passado, podemos olhar para a mão que Ivey ganhou recentemente na Full Tilt Poker no valor de quase um milhão de dólares.

Se ainda tem dúvidas sobre o seu poder, veja estes dados estatísticos: Ivey já ganhou mais de $12 milhões em torneios em toda a sua carreira e provavelmente ganhou mais dinheiro em side bets do que em lucros, isto falando das conquistas de braceletes nas WSOP. Chega a esta final table algo short com 9,765,000 fichas mas é sem dúvida o melhor e mais experiente jogador, características que usará a seu favor sem qualquer sombra de dúvida. A única dúvida que se põe é a seguinte: "Terá ele cartas que lhe permitam explorar as suas capacidades?"

[I]O Caminho até aos November Nine[/I]

Ivey jogou no Dia 1c e rapidamente começou a ganhar potes, demonstrando que estava a jogar bem, tal como o tinha feito quando ganhou as outras duas braceletes neste mesmo ano. Acabou o dia 1c com 84,000 fichas. No dia 3 conseguiu dobrar muito cedo e no final do dia a sua stack já tinha 350,000 fichas. O dia 4 foi o dia da passagem do milhão de fichas, no fim de contas eram 1,270,000 fichas, uma contagem que lhe dava um lugar entre os chip leaders. O dia 5 foi complicado para Ivey, algumas jogadas correram menos bem mas ainda assim no final do dia o saldo foi positivo, 1,380,000 fichas.

Com 185 jogadores activos no dia 6, a luta foi intensa até se encontrarem os 64 com que o dia acabou. Após algumas eliminações Phil conseguiu chegar ao dia 7 com 6,345,000 fichas. No dia 7 quase que dobrou a sua stack e terminou o dia com 11,350,000 fichas à custa de algumas eliminações, este dia foi mais um sinal que Ivey se estava a pôr a jeito de alcançar a final table. Aquele que se supunha ser o dia da estocada final, não o foi, o dia 8 do Main Event começou a correu mal logo desde cedo e alguns chegaram a duvidar que Phil Ivey conseguisse chegar à final table. Embora perdendo um terço da sua stack a estrela da Full Tilt Poker conseguiu, com calma, reconstruir a sua stack para entrar e enfrentar a desejada final table e integrar os November Nine.

A Ter em Atenção

Ivey vai-se sentar no lugar 3, tendo posição sobre o chip leader David Moon (lugar 1) e sobre Jeff Shulman (lugar 9). No lugar 2 está o britânico James Ankenhead, Ivey tem de se preocupar com este jovem jogador pois terá de dobrar rápido. No lugar 5 e 6 estão Steven Begleiter e Eric Buchman, ambos com stacks interessantes.

A equipa de Live Report da PokerNews estará em Las Vegas em Novembro para que você não perca pitada do que por lá se passar, mão-a-mão em directo da Final Table do Main das World Series of Poker.

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?