Daniel Perfeito e André Andrade na PokerNews Cup: O Relato!

Daniel Perfeito e André Andrade na PokerNews Cup: O Relato! 0001

Aqui fica o relato de Daniel Perfeito da sua PokerNews Cup 2009.

"E lá fui eu de novo rumo a Melbourne, numa viagem de 28 horas, na companhia do André "Mr.Zeba" Andrade... Porto - Frankfurt - Kuala Lumpur - Melbourne.

Evento 1 - No Limit Holdem $75k Prizepool Guaranteed - $200+$30

Era um torneio que à partida parecia interessante, com um prizepool de $75k garantidos, no entanto não houve overlay devido à participação de mais de 400 jogadores. Também a estrutura deixou muito a desejar, com 4000 fichas iniciais e níveis de 30 minutos, mas com muitos níveis intermédios a serem retirados da estrutura.

Entrei tranquilo no torneio e fui jogando sem nunca conseguir ficar muito deep para jogar com mais tranquilidade. Os adversário pareceram-me acessíveis, mas não tive spots para ganhar grandes potes. Acabei por ser eliminado quando estavam ainda cerca de metade dos jogadores.

Evento 2 - PokerPro No Limit Holdem Deepstack - $100+$15

Este torneio teve a particularidade de ser jogado nas máquinas PokerPro. Teve cerca de 90 participantes e uma estrutura muito boa: 25k fichas iniciais e níveis de 20 minutos. Comecei muito bem o torneio e consegui ficar deep logo no início, chegando às 60k nos primeiros níveis. A minha mesa era bastante acessível e consegui usar a minha stack para ir acumulando mais fichas.

Entretanto mudo de mesa e 2 lugares à minha esquerda está um jogador muito agressivo que já tinha mais de 100k. Tento fazer-lhe playback, mas correu mal. Numa mão em que tenho 44 na BB, faço call ao raise dele pre-flop e faço-lhe check-raise num paired flop, ao qual ele responde com mini-4bet. Isto na minha leitura queria dizer "monstro"... eu foldo e ele mostra AA... desci para as 45k.

Pouco depois esse mesmo jogador abre em UTG+1 para 5000, com as blinds 600/1200. Um jogador faz all-in de 28k... Eu vejo AKs na BB e faço all-in por cima. o 1º jogador faz fold e diz que tinha JJ. O 2º jogador tinha AA, e eu fico short.

Ainda consegui aumentar um pouco a minha stack, mas acabei por ser eliminado no nível 800/1600, quando tinha cerca de 16k, com 88 vs KK.

Daniel Perfeito e André Andrade na PokerNews Cup: O Relato! 101

Satélites

Decorreram durante a semana satélites MTT para o Main Event, no formato de Steps. O Step 1 tinha um buy-in de $50+$15 e dava 1 entrada por cada 5 jogadores para o Step 2 que tinha um buy-in de $220+$30. O Step 2 dava 1 entrada por cada 10 jogadores para o Main Event. Os steps tinham uma estrutura super-turbo.

Joguei um Step 1 com uma estrutura de 2000 fichas iniciais e níveis de 20 minutos. Entraram 26 jogadores, dava 5 entradas para o Step 2 e $50 para o 6º classificado. Foi um torneio que me correu bem e cheguei com facilidade à mesa final. Acabei no entanto por ficar no 6º lugar e receber os $50 quando estava na última posição e tive que ir correr com QQ vs AK. Bateu o K e acabou o torneio.

Joguei dois Step 2, mas não consegui ganhar a entrada.

Cash $2/$3

Fiz 5 sessões nas mesas de cash $2/$3 (buy-in máximo $200) com durações entre 2 e 8 horas. Nas primeiras 3 sessões fiquei sempre positivo, estando no final da 3ª sessão com $450 de lucro. As 2 últimas sessões não correram tão bem e fui stackado 2 vezes. Da 1ª vez levei com o verdadeiro cooler: KK vs AA. Da 2ª vez tenho {a-Clubs}{q-Clubs} no botão, há 2 limps e eu faço raise, havendo 1 call. Flop {a-Diamonds}{7-Clubs}{6-Clubs}... excelente flop. Ele check, eu aposto cerca de metade do pote e ele call. Turn {9-Spades}... ele check e eu check. O pote já estava muito grande, eu achei que estava à frente e desta forma tento induzir um bluff no river. River {a-Spades}... Ele faz all-in e eu call. Ele mostra {8-Clubs}{5-Clubs}...

Acabei as sessões de cash $150 up.

Evento 7 - No Limit Holdem Main Event - $2000+$200

Chegou o dia do Main Event. Joguei no Dia 1B. Eu estava confiante e tranquilo. Gostei da minha mesa... para além de mim tinha mais 5 jogadores qualificados online que estavam a jogar de forma tight e um poker ABC. Eu sabia que podia tirar partido disso. Havia por outro lado um jogador muito agressivo que era sem dúvida o melhor da mesa, tendo sempre leituras muito interessantes e correctas dos adversários.

Apesar de estar com grande confiança o torneio não começou bem para mim. Perdi muitas fichas nos níveis iniciais. Tive que largar um AK e um TT no flop, tive muitos small pocket pairs 22-66 e nunca bateu o set, joguei muitos suited connectors sem ter flops agradáveis... rapidamente fiquei reduzido a 11k-13k das 20k iniciais.

Consegui depois subir às 15k quando tenho 99, bate set no flop e full house no turn. Consegui extrair algumas fichas ao meu adversário que estava em flush draw, mas infelizmente não bateu o flush no river.

Mudo de mesa com cerca de 12k e tive o prazer de jogar de novo na mesma mesa do Billy 'The Croc' Argyros, um verdadeiro senhor do poker que dá sempre muita animação na mesa.

Daniel Perfeito e André Andrade na PokerNews Cup: O Relato! 102

Já estávamos com as blinds em 400/800-75 e eu faço 3bet-shove na SB com AKs a um raise do CO para 2400. Ele faz fold e eu levo o pote.

Depois estou de novo reduzido a pouco mais de 10k e há um limp UTG+1 e outro limp em MP. Eu vejo AJ na BB e meto todas. O 1º jogador pensa muito e faz fold e o 2º jogador faz insta-call com AQ. Foi o fim do meu torneio.

Evento 9 - Teams Event No Limit Holdem - $500+$50

Foi um torneio de equipas, com 2 jogadores por equipa. Eu e o André decidimos jogar este evento após termos sido eliminados do Main Event, uma vez que se realizou no mesmo dia que o Dia 2 do Main Event. Participaram 55 equipas.

A stack inicial era de 5000 fichas e a estrutura era muito boa, com muitos níveis intermédios, o que permitiu sempre uma boa jogabilidade desde o início até ao fim.

Eu fui o primeiro a entrar em acção, começando o torneio com as primeiras 2500 fichas (o André entraria no final do 1º nível com as restantes 2500, ou de imediato caso eu perdesse todas as fichas no 1º nível). No final de cada nível de 30 minutos trocava-se de jogadores. Joguei algumas mãos e perdi algumas fichas terminando o 1º nível com 1700.

O André joga o 2º nível entrando com as restantes 2500 fichas e termina com cerca de 4500 na nossa stack.

Entro para o 3º nível e aqui conseguimos o primeiro grande salto na nossa stack. Com as blinds em 75/150 e estando a mesa a fazer um standard raise de 350-375, há um jogador que abre para 700 (small pocket pair?), há um call e eu vejo AKs... all-in! O 1º jogador faz fold e o 2º call com TT. Ganhei a corrida e terminámos o nível acima das 10k.

De seguida o André consegue ganhar alguns potes e subimos para cerca das 20k.

Entro eu de novo, mas as coisas não correram muito bem no início deste nível. Faço raise pré-flop com 55 e tenho um call da BB. No flop ele faz check-raise à minha cbet e eu largo. Faço raise com A7s no botão e levo shove da SB, faço fold. Faço raise com A8 no CO e levo shove do botão, faço fold. Perdi quase metade da stack. Quase no fim do nível há um raise da jogadora mais tight da mesa, eu vejo AA e faço all-in, e a BB faz também all-in. A 1ª jogadora faz fold, e o outro jogador mostra KK. Os ases aguentaram e fomos de novo para as 20k.

O André joga algumas mãos no novo nível e muda de mesa. Tem então uma mão em que ganhámos um bom pote. O André faz raise no botão e leva call da SB. O flop vem {a-Spades}{9-Spades}{6-Spades} e acabam por ir os dois all-in no flop. O jogador na SB mostra 99 e o André mostra {q-Spades}{j-Spades}. O flush aguentou-se e estamos nas 30k.

Nos níveis seguintes não tivemos grandes potes, mas fomos controlando a stack e mudámos de novo de mesa. Aproximava-se a mesa final, que teria 9 jogadores e os 8 primeiros seriam premiados.

Pouco depois é eliminado o 10º classificado e chegamos à mesa final. Agora na mesa final cada jogador joga uma órbita.

Demorou ainda algum tempo até ser conhecido o bubble boy, mas finalmente rebentou a bolha e estávamos ITM. Pela observação da distribuição do prizepool comentámos que os prémios que valia a pena seriam os 2 primeiros, e iríamos obviamente jogar para ganhar o torneio. Alguns jogadores estavam muito short por terem esperado pelo dinheiro, mas a nossa stack também não estava famosa. Havia uma equipa que estava a mostrar muita agressividade e que abria muitos potes. Definimos um range bastante light para 3bet-shove a esses jogadores.

Conseguimos subir a nossa stack e os jogadores iam sendo eliminados. Quando estava eu em jogo estava na SB e tenho um jogador na BB muito short e após todos terem feito fold até mim não hesito em colocá-lo all-in com Qd 3d. Ele dá call com A9. Flop 9xx com 2 ouros. Turn x. River Q!

Quando ficamos reduzidos a apenas 3 jogadores, o chipleader tem 190k, o outro jogador 40k e nós 40k. O André acaba por eliminar o outro jogador, quando faz raise no botão para 9k, com as blinds em 1.5k/3k... O chipleader na SB faz fold e o BB faz all-in de menos de 30k. O André pensa muito e dá call. O BB mostra JJ e o André mostra K9. Sai um K no flop e estamos no heads-up!

Entrámos para o heads-up com uma desvantagem de 60k vs 210k, mas com um heads-up de sonho ganhámos o torneio em apenas 9 mãos. Na mão decisiva, já estávamos em vantagem e entro eu para a BB. Com as blinds em 3k/6k o meu adversário faz raise para 12k e eu faço call com J8. Flop 976 rainbow. Eu check, ele check. Turn T! Eu bet 18k, ele all-in e eu insta-call com THE NUTS!!! Ele mostra A8 e apenas um J dará split. River 6 e... WE ARE THE CHAMPIONS!!! Ganhámos o 1º prémio de $9625 e um belo troféu! WEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!"

Daniel Perfeito e André Andrade na PokerNews Cup: O Relato! 103

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?