A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 0001

Após mostrar que é possível ir para Las Vegas e gastar bem pouco com hospedagem e transporte, é hora de provar que os pobres também podem comer e se divertir gastando menos do que se pensa na Cidade do Pecado.

Como todos sabem, Las Vegas é um dos principais destinos turísticos dos EUA. Entretanto, isto não se deve às belezas naturais que a circundam, nem à arrojada arquitetura de seus cassinos, mas sim àquilo que existe dentro deles: o jogo. Nevada é um dos poucos estados norte-americanos onde o jogo é permitido, e é desse jogo que provém a maior parte de sua renda. Para atrair cada vez mais turistas e, consequentemente, fazer com que eles gastem seu dinheiro no jogo, Las Vegas nos proporciona opções de lazer e alimentação bem baratas e, em alguns casos, gratuitas.

Minha primeira dica de lazer (para quando você não aguentar mais o barulho das fichas e das máquinas caça-níqueis dentro dos cassinos) é para quem curte adrenalina. A "The Desperado", uma das mais altas e mais velozes montanhas-russas do mundo, fica localizada próxima à fronteira de Nevada com a Califórnia, na cidade de Primm, a apenas 30 minutos de Las Vegas. O passeio começa com uma subida de 64m de altura e uma queda de perder o fôlego de 67 metros, tendo a duração de 2 minutos e 45 segundos.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 101

O preço? USD$8. Você deve estar pensando: $8 dólares é o preço do passeio na montanha-russa, mas e o transporte até Primm (que fica a 30 minutos de Las Vegas)? E o que eu vou gastar lá com comida e bebida? Pois então.... Acontece que em Primm existe um cassino também. E como estão loucos para que os turistas de Vegas apareçam por lá, eles simplesmente pagam para que empresas de ônibus levem esses turistas até Primm, com almoço incluso. Isso mesmo: TUDO NA FAIXA! Depois de dar uma volta na montanha-russa e almoçar (nessa ordem, por favor!), você estará livre para conhecer o cassino e o outlet que existem na cidade. No ano passado, esse passeio era realizado todas as terças, quintas e sábados, com saída de Las Vegas às 10h da manhã e volta às 4h da tarde. Devido ao calendário do WSOP, acabei não conseguindo fazer esse passeio em 2008, mas em 2009 com certeza não vou perder. Podíamos até combinar de fazer um passeio de brasileiros e portugueses, que tal?

Em http://www.ilovevegas.com/toursgrand.php#PrimmNevada procure por FREE Primm Nevada Tour (tour #6) e agende seu passeio. Onde é solicitado o número do cartão de crédito, basta preencher com algo do tipo 1111111111, já que esse campo não se aplica.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 102

Para aqueles que curtem montanhas-russas, uma outra opção sem precisar sair da cidade é a Canyon Blaster (http://www.vegas.com/attractions/on_the_strip/canyonblaster.html), que fica no Adventuredome, um parque de diversões dentro do Circus Circus Hotel Casino. O passeio nessa montanha-russa (assim como em outras atrações dentro do parque) custa $7 dólares, mas dura apenas 1 minuto e 45 segundos. De qualquer forma, estando dentro do Adventuredome haverá outras atrações para curtir, principalmente se você estiver viajando com a família e tiver filhos, pois sinceramente não acho que os adultos possam se divertir muito nesse lugar.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 103

Agora, vamos falar uma verdade aqui... Todo pobre precisa fazer uma extravagância de vez em quando, não é verdade? Então, se você curte mesmo emoções fortes, recomendo economizar um pouco mais esse ano para conhecer as três atrações da Stratosphere Tower: o Big Shot, o Insanity e o X-Scream. Para os adultos, a entrada na torre custa $13.95 e cada atração por volta de $12.00, mas um pacote (incluindo entrada e todas as atrações) pode ser adquirido por $33.95. Aqui você pode ter uma idéia a respeito de cada uma dessas atrações:

http://www.scribd.com/doc/5995391/Stratosphere-Las-Vegas

Meu destaque especial vai para o X-Scream, onde você escorrega por quase nove metros parando a 264 metros de altura.

Além das atrações, você terá uma das mais belas vistas da cidade de Las Vegas, especialmente se optar por fazer esse passeio à noite.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 104

Deixando um pouco de lado as fortes emoções, há no mínimo três atrações que um turista pobre de primeira viagem simplesmente PRECISA conhecer em Las Vegas. Primeiro, porque são incríveis e segundo porque são gratuitas! A primeira delas é o show das fontes do Bellagio, que acontece de meia em meia hora das 15 às 20 horas e de 15 em 15 minutos das 20 horas até a meia-noite em frente ao Hotel Bellagio.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 105

A segunda é o vulcão do Hotel Mirage, que infelizmente não tive a chance de conhecer no ano passado, pois estava em reforma. Quem já viu fala que é fantástico, e parece que agora está melhor ainda. E já que você estará bem em frente ao Mirage, aproveite para entrar no lobby do hotel e conhecer (já que também é de graça) o gigantesco aquário que abriga mais de 1000 espécies marinhas. Para quem seguiu minhas recomendações sobre hospedagem e optou por ficar no Imperial Palace, você estará localizado exatamente entre o Mirage e o Bellagio. Tudo o que precisará fazer é atravessar a rua e caminhar uns 300 metros para conhecer cada uma dessas atrações.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 106

A terceira atração imperdível é a Fremont Street Experience, um show de sons e imagens projetadas em um gigantesco telão que cobre a Fremont Street, no centro de Las Vegas, todas as noites, a cada uma hora. Se você estiver na Strip, pegue o ônibus conhecido como "Deuce" (sentido Downtown) e desça onde todos descem, porque a maioria estará indo ver o mesmo que você. Caso esteja hospedado no Plaza, simplesmente atravesse a rua. E se for para conhecer essa atração em grande estilo, recomendo a noite do feriado de 04 de julho (Independence Day). A diversão é garantida e a experiência inesquecível.

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 107

Outra atração interessante, principalmente se você gostar de carros, é a Auto Collections, uma exposição de carros antigos onde a maioria deles pode ser adquirida (não que eu ache que você vai comprar algum, apenas a título de informação, entendeu? lol). A entrada custa $8.95 para os adultos. Caro demais pra um pobre ver carros antigos? Tudo bem... então vai uma dica. Em http://www.autocollections.com/, clique em que "Free Admission", imprima o ticket válido para 2 pessoas e economize $17.90.... nada mal hein? E caso precise de mais um motivo para ver essa exposição, saiba que ela fica no 5o andar do Imperial Palace, ou seja, talvez você nem precise sair do hotel para conhecê-la.

Acho que chega de dicas sobre diversão, né? Vamos falar um pouco sobre alimentação. Não sei se todos sabem, mas a principal refeição do norte-americano é o café da manhã. Em praticamente qualquer restaurante você pode tomar um café da manhã com ovos, bacon, panquecas, waffles, bagels, presunto, salsichas e até comida chinesa, costelinha e pizza em alguns casos.

Como bom brasileiro, praticamente não como pela manhã, e guardo minha fome para o almoço.

Acredito que a maioria daqueles que estão lendo este artigo, também não têm o costume de comer costelinha, ovos e bacon pela manhã (acho que posso incluir os portugueses, ou estou errado?), portanto, o que fiz no ano passado e vou continuar fazendo este ano é passar num Starbucks ou Mcdonalds e comprar um muffin ou um croissant só para segurar mesmo a fome até o almoço. Acrescentando um suco de laranja, podemos calcular um gasto de no máximo $5 dólares por dia. Para quem acorda tarde, pois curte uma balada ou joga até de madrugada, pode ter certeza que esse gasto nem vai entrar no orçamento. O negócio é ir direto pro almoço.

E para um pobre em Las Vegas, a palavra-chave no almoço é "buffet". Algo semelhante ao "restaurante por peso", que é bem comum em todo o Brasil, com a diferença que lá não se pesa nada, pois você come à vontade e paga um preço fixo, em que geralmente as bebidas estão inclusas (quase sempre com refil à vontade). Ou seja, é comer até passar mal só para justificar o gasto (nossa... que coisa de pobre! LOL). É claro que há sempre a opção do fast-food, que também não deixa de ser uma alimentação barata, mas, por não achar que alguém seja capaz de comer no McDonalds ou no Subway por tantos dias seguidos, vou recomendar alguns buffets bem baratinhos onde se come realmente muito bem e de forma saudável (dependendo do que você colocar no seu prato, claro!).

Em primeiro lugar, é preciso saber que quanto mais longe da Strip, mais barata será sua refeição (seja no almoço ou no jantar). Enquanto no Bellagio, Wynn e outros hotéis bens localizados da Strip os preços do buffet estão por volta dos $20 dólares, em hotéis como o Orléans (4500 W. Tropicana) e o Golden Nugget (129 E. Fremont) o almoço sai, respectivamente, por $9.99 e $10.99.

Para quem ficará hospedado no Plaza ou outro hotel do centro, o Golden Nugget é uma boa opção, mas a grande pedida mesmo é o Garden Court Buffet, restaurante localizado no hotel Main Street Station (200 N. Main St.) que cobra apenas $7.99 por um buffet que foi votado o melhor de Downtown.

http://www.mainstreetcasino.com/dining/garden-court-buffet

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 108

Para aqueles que, no horário do almoço, estiverem no Rio All Suite Hotel & Casino acompanhando as WSOP e não quiserem gastar os $16.99 que são cobrados no Carnival World Buffet, a sugestão é o Ports O' Call Buffet, que está localizado no Gold Coast Hotel (4400 West Flamingo), a duas quadras de distância do Rio, onde você gastará apenas $7.45 e, segundo a crítica abaixo, sairá muito satisfeito com a comida e o serviço.

http://www.vegas4visitors.com/dining/detail/goldcoast_buffet.htm

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 109

Para os pobres que estiverem passeando pela Strip na hora do almoço e quiserem uma opção mais barata que os buffets da região e mais saudável que o McDonalds, minha sugestão é o Earl of Sandwich, um tipo de fast-food localizado no Planet Hollywood (3667 Las Vegas Blvd. S), cujo cardápio inclui sanduíches, wraps e saladas de dar água na boca. Dificilmente seu gasto aqui ultrapassará os $10 dólares e certamente o cardápio irá lhe surpreender. Veja as opções no link abaixo:

http://www.earlofsandwichusa.com/food/

E no jantar? Se você gostar de uma boa cerveja e estiver hospedado ou de passagem pelo centro de Las Vegas, recomendo que conheça o Triple 7 Restaurant and Microbrewery. Localizada também no hotel Main Street Station (200 N. Main St.), esta mistura de restaurante e cervejaria possui um ambiente muito agradável, onde você estará rodeado por telões que sempre transmitem esportes e os imensos tonéis das cervejas que são feitas no próprio local. Além de tudo isso, é possível que 2 pessoas saiam desse local de barriga bem cheia e praticamente bêbadas por menos de $25 dólares. A melhor pedida na minha opinião é o "1/2 Pound New York Strip Steak Dinner", um belo filé acompanhado de vegetais, baked potato e onion rings pela bagatela de $7.50. Para beber, peça uma "Blackship Porter" e não irá se arrepender. Dê uma olhada no cardápio abaixo (clicando em "Triple 7 Menu"):

http://www.mainstreetcasino.com/dining/triple-7-restaurant-and-microbrewery

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 110

Na região da Strip, uma das melhores sugestões para um jantar bom e barato fica por conta do Ellis Island Casino & Brewery (4178 Koval Lane), localizado bem atrás do Bally's Hotel & Casino. Talvez seja uma simples coincidência (será?), mas este restaurante também é uma cervejaria. Minha sugestão aqui é o "Fish and Chips" por $8.99. Para outras opções, veja o menu aqui:

http://www.ellisislandcasino.com/Restaurant.htm

Como opção na região do Rio All Suite Hotel & Casino, o Ports O' Call Buffet mencionado acima também abre para o jantar. Mas fique atento, pois ele fica aberto apenas até às 21h. O preço para o jantar é de $11.94, exceto às sextas-feiras, que passa para $16.95 devido aos frutos do mar que são acrescentados ao buffet.

Nota: os preços da alimentação não incluem impostos nem gorjetas.

E como última dica para um pobre em Las Vegas, é claro que não poderia faltar a dica das bebidas nos cassinos. Com um calor de 42º C nas ruas, tudo o que você quer é beber algo gelado quando entra em um cassino, certo? Mas vale a pena gastar $5.00 por um simples suco de laranja dentro do Bellagio, por exemplo? Claro que não! O que fazer então nessa situação? Resposta: basta colocar uma nota de $1 dólar em uma máquina caça-níqueis e ir jogando de 1 em 1 centavo, até passar uma atendente que irá te perguntar: "Anything to drink Sir?" (Algo para beber?). Pronto. É só pedir sua bebida, esperar chegar e fazer o "cash out" na máquina. Se você estiver sem sorte, esta bebida terá lhe custado apenas $1 dólar. Se for seu dia de sorte, sabe-se lá qual terá sido seu lucro...

Nos vemos em Vegas!

A Las Vegas dos Pobres II – André Kaplar 111

(foto no Triple 7 Restaurant and Microbrewery)

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?