Perfil PokerNews – Chad Brown

Perfil PokerNews – Chad Brown 0001

Dizer que Chade Brown define grandes metas para si próprio é bastante assertivo. No início das World Series of Poker 2007, Brown não queria apenas uma, mas sim duas braceletes. Mesmo não tendo saído de Las Vegas nesse verão com uma bracelete no pulso, ficou bem perto de o conseguir por duas ocasiões.

A primeira foi no evento $1,500 Pot-Limit Omaha 8-or-Better ao terminar na 5ª posição, depois foi runner-up frente a Erik Seidel no $5,000 World Championship No-Limit 2-7 Lowball. Embora com uma vantagem de 5:1 no heads-up, dois potes cruciais, incluindo um em que era claramente favorito, fizeram com que não ganhasse a bracelete. Brown tem conseguido um nível de consistência nos torneios invejado por todos os seus colegas, mantendo sempre o seu estatuto de jogador de topo de cash-games.

Chad Brown cresceu no Bronx, Nova Iorque nos anos 60. Brown começou a aprender a jogar poker, ainda adolescente, em alguns jogos privados nos cafés italianos do seu bairro. Como actor decideu mudar-se para Los Angeles onde os trabalhos de cinema e televisão eram mais abundantes.

Quando se mudou para lá nos anos 90, Brown não sabia que o Sul da Califórnia era palco de dezenas 'cardrooms' legais, mas rapidamente se apercebeu desse facto e não demorou muito até ser um jogador regular de cash-games. Pouco tempo depois, Brown já fazia face às despesas, que tinha enquanto andava em audições, com os seus ganhos do poker.

Brown jogou pela primeira vez nas World Series of Poker em 1993 e terminou em 11º no evento $1,500 Limit Hold'em. Embora gostasse de torneios os cash games continuavam a ser mais lucrativos, os torneios eram apenas uma forma de quebrar a rotina. Em 1995 Brown ainda não tinha conseguido a sua grande oportunidade e então cumpriu a promessa que tinha feito ao seu amigo Nick, deixando Los Angeles cinco anos depois, para ir trabalhar para a sua empresa de venda de produtos médicos na Florida. Quatro anos mais tarde, a empresa fechou, Brown regressou à Califórnia e rapidamente encontrou o seu ritmo nas mesas.

Os instintos de Brown diziam-lhe que o poker iria explodir depois da vitória de Chris Moneymaker nas WSOP 2003. Mesmo continuando a ter grandes resultados nos cash games, Brown decidiu empenhar-se para jogar mais torneios. Fez a mesa final do evento $1,500 Seven-Card Stud nas WSOP 2004 onde terminou na segunda posição. O torneio foi filmado pela ESPN e tornou-se no primeiro evento de Stud das WSOP onde foram usadas as micro câmaras.

2005 foi um bom ano para Brown no que diz respeito a resultados de torneios. Fez duas mesas finais no WSOP-Circuit e ficou ITM três vezes nas WSOP, incluindo um segundo lugar no $2,000 Stud 8-or-Better. Em 2006 fez seis mesas finais incluindo um 6º lugar no WPT Bay 101 Shooting Star, quinto no EPT Londres e nono no $25,000 buy-in WPT Championships no Bellagio. Todos estes resultados valeram a Brown o título de 'Player of the Year' da Bluff Magazine em 2006.

Nas WSOP 2007, Chad Brown impressionou ao terminar ITM por oito vezes, incluindo duas mesas finais no PLO-8 e 2-7 Lowball. Seguiram-se ITM's no WPT e EPT e mais cinco nas WSOP 2008, onde ficou perto de repetir a mesa final no torneio 2-7 Lowball. Brown também já apareceu em diversos programas de televisão como o "Poker After Dark," "Ultimate Poker Challenge," e "Party Poker Nations Cup." Ele tem também uma série de artigos escritos para a Bluff Magazine sobre a importância de um estilo de vida saudável e o impacto positivo que pode ter sobre um jogo de poker.

Quando não está no circuito, Brown mora com a sua noiva Vanessa Rousso em Las Vegas.

Mais notícias

O que pensas?