Perfil PokerNews – Katja Thater

Perfil PokerNews – Katja Thater 0001

Se lhe pedirem para enumerar algumas das melhores "poker faces" de todos os tempos, facilmente lhe ocorrerão nomes como Phil Ivey, Doyle Brunson ou Howard Lederer. No entanto, depois de se observar Katja Thater na mesa, ponderamos seriamente em colocar o nome dela no topo desta lista.

Uma beleza escultural com uma postura real e um olhar implacável, Thater é uma figura imponente nas mesas de poker, o seu estilo paciente e calculado faz com que tire enormes dividendos dos high-stakes cash games e conduziu-a a mais de $300,000 de lucro em torneios.

Conhecida como uma das melhores jogadoras da Alemanha, Thater saltou, de forma decisiva, para o palco do poker mundial no ano passado. Bata estar atento aos comerciais da PokerStars e reparar na bracelete das WSOP que ela traz no pulso.

Katja Thater nasceu em Hamburg, na Alemanha, continuando a ser esta a cidade à qual chama 'casa'. Muito antes de alguma vez ter pegado em duas cartas, Thater era (e ainda é) uma criadora de cavalos de sucesso. Ela desenvolveu o seu espírito competitivo durante competições de adestramento, onde um cavaleiro conduz o seu cavalo por um percurso complexo, com saltos e voltas concebido para realçar a capacidade física do animal.

Thater foi também directora de uma empresa de marketing. À noite, o seu marido Jan Von Halle, costumava jogar cash-games nos casinos locais e Thater muitas das vezes acompanhava-o e ficava a vê-lo jogar. Reza a lenda que numa dessas noites Von Halle, pediu Thater para ir jogando a sua stack enquanto ia à casa de banho. O jogo era Stud e Thater acabou por ganhar a mão que jogou, tinha já absorvido alguma estratégia enquanto via o seu marido jogar. A partir daí ela decidiu que seria melhor passar o tempo nas mesas do que atrás do seu marido a vê-lo jogar.

Katja Thater começou então a jogar poker a tempo inteiro e tornou-se numa exclente jogadora de stud poker. Depois de alguns anos de sucesso nos cash games, Thater foi convidada a participar na 888.com Poker Nations Cup, em evento filmado e transmitido na TV por toda a Europa. A equipa alemã terminou na segunda posição e Thater decidiu que no verão Seguinte acompanharia o seu marido para participar nas WSOP.

Thater terminou duas vezes nos prémios nas WSOP 2006, no $1,500 Seven-Card Stud e no $2,000 Pot-Limit Hold'em. Estas prestações fizeram com que assinasse um contrato com a Poker Stars e passasse a fazer parte da Team PokerStars Pro. De regresso à Europa fez a mesa final do Irish Masters e começou a participar nas etapas do European Poker Tour.

Não foi preciso muito tempo para Thater conseguir a sua primeira mesa final de um EPT. Em Março de 2007 terminou na quinta posição do EPT Varsóvia, para um prémio de $85,000. Seguiram-se as WSOP 2007 onde terminou na 62ª posição, entre 781 participantes, no $1,500 Pot-Limit Hold'em.

No $1,000 World Championship Ladies' No-Limit Hold'em participaram 1,286 e Thater fez a mesa final terminando na 5ª posição, ficando muito perto da tão desejada bracelete.

Uma semana mais tarde Thater fazia a sua segunda mesa final das WSOP. Foi na variante Razz, onde se sentia muito confortável devido à sua grande experiência nos cash games de stud. Ultrapassou jogadores como Men "The Master" Nguyen, Mark Vos, Eskimo Clark e O'Neil Longson para vencer a sua primeira bracelete WSOP e um prémio de $132,000.

Quando não está a viajar pelo circuito, Katja Thater encontra-se em Hamburg na sua casa com o marido e os seus cavalos.

Mais notícias

Torneios relacionados

jogadores relacionados

O que pensas?