Agora ao vivo
SPS Etapa #6 SPS 2017 - Main Event

WSOP 2008 Evento #3 $1,500 Pot Limit Hold'em, Dia 1: Robert Workman na Frente

WSOP 2008 Evento #3 $1,500 Pot Limit Hold'em, Dia 1: Robert Workman na Frente 0001

O Evento #3 do WSOP, o torneio de $1,500 Pot Limit Hold'em, teve lugar na Amazon Room com um field de 657 jogadores em 70 mesas e no final do dia ficou completo com um field total de 714, um pouco menos do que os 781 do ano passado, mas mesmo assim uma forte comparência. O campeão em título, Mike Spegal, compareceu, assim como um grande número de profissionais, incluindo vários vencedores de braceletes como Men Nguyen, Erik Seidel, David Sklansky, Mickey Appleman, Phil Ivey, Dewey Tomko, Layne Flack, "Miami" John Cernuto, Tom Schneider e Scott Clements.

Spegal começou bem quando as suas damas venceram os ases do adversário com uma dama no flop. Na sequência, Greg Raymer disse, "Então foi assim que venceste este torneio." Vários jogadores conhecido não tiveram a mesma sorte e foram para o rail cedo. O Campeão do 2006 U. S. Championship Poker Alex Jacob, Andy Bloch, Mark Seif, Michael Mizrachi, Victor Ramdin, Kristy Gazes and Lee Watkinson foram todos eliminados cedo.

Dutch Boyd foi eliminado quando fez call ao all in no river do Canadiano Kristen Jonkman, apenas para ver o seu adversário virar o flush vencedor. Quem não teve a mesma sorte foi Jennifer Tilly, que teve um dia curto quando foi all in com J-K num aparente flop tranquilo J-J-4, mas no poker nada é tranquilo e Nicholas Cannon virou 4-4 para full house.

Como altos e baixos na sua stack estava JC Tran. No inicio da tarde, Tran fez limp no cutoff e depois fez call ao raise do botão para 1,200. Fez check num flop {a-Clubs}{2-Clubs}{4-Clubs}, e quando o botão apostou 3,000 ele avançou com cerca de 7,000 no total. O botão fez call e mostrou A-A para trio. Tran tinha o flush com {5-Clubs}{6-Clubs}. O turn e river não melhoraram os ases, e Tran aumentou a sua stack para 22,400. Mas na mão seguinte, Tran estava de volta a 5,500 quando o seu K-Q não foi melhor que o A-K do adversário.

No intervalo para jantar, devido a um jogo bastante agressivo, apenas 162 jogadores estavam ainda em prova. David Singer era o chip leader com 45,000. Singer construiu a sua vantagem graças a Jan von Halle, que escolheu uma altura má para fazer um movimento contra Singer e acabou all in no turn numa board {6-Hearts}{4-Clubs}{5-Diamonds}{8-Spades} com {a-Hearts}{10-Hearts} na mão contra o imbatível 88 de Singer.

Depois do intervalo para jantar, Clonie Gowen não conseguiu reconstruir a sua short stack e terminou a sua participação quando o seu {k-Hearts}{j-Spades} não foi suficiente para o {a-Hearts}{q-Spades} do adversário. JC Tran finalmente acabou com a montanha russa depois de eliminar dois short stacks na mesma mão, até ser calmamente eliminado no nível seguinte.

Há medida que a meia noite se aproximava, duas coisas ficavam perto - - o final do Dia1 e a bubble. Quando a última ronda da noite começou faltavam apenas 5 jogadores para entrar no dinheiro e era esperado que a taxa de agressividade caísse. Mas os cinco lugares rapidamente se tornaram quatro, quando, all in preflop, Scott Seiver com 4-4 esbarrou num Q-Q do adversário e a board veio A-7-6-3-5 dando-lhe um straight. Steven Shanks e o vencedor do WSOP Gran Túnica 2008, Bart Tichelman, estiveram perto do dinheiro mas foram para casa apenas com a recordação de um longo dia no WSOP. Demorou uma hora, mas com a ida de Karl Westheimer para o rail, o bubble boy estava encontrado. Meia hora mais tarde, estava terminado o dia 1 com Robert Workman e Philip Yeh na frente.

O Top 10 em fichas no final da noite:

Robert Workman 146,800

Philip Yeh 143,000

David Singer 123,600

Bobby Law 85,500

Scott Seiver 71,200

Jacobo Fernandez 69,100

Ryan Fair 67,700

Al Barbieri 63,500

Justin Young 63,200

Russell Harriman 61,800

Os restantes jogadores vão competir hoje até ser encontrada a mesa final, e competir por um prémio de $214,131 e uma bracelete em ouro. Siga toda a acção aqui na PokerNews.

Mais notícias

O que pensas?