Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Julien Nuijten Ganha o LAPT Rio Janeiro

Julien Nuijten Ganha o LAPT Rio Janeiro 0001

O campeão do LAPT do Rio foi conhecido nessa segunda-feira, com a disputa da mesa final no Rio Intercontinental Hotel, na cidade do Rio de Janeiro – Julien Nuijten.

A mesa final teve início as 14:00h, e os jogadores que tentavam disputar o título e o prémio de mais de 222 mil dólares, foram esses:

Jogador - País - Fichas

Julien Nuijten Holanda 970,000

Vitaly Kovyazin Eua 380,000

Alex Brenes Costa Rica 324,000

Nikolai Senninger Alemanha 318,000

Juan C. Burguillos Venezuela 297,000

Rafael Pardo Colômbia 278,000

Eduardo Henriques Brasil 275,000

Oliver Kugler Alemanha 176,000

Severin Walser Suíça 175,000

O primeiro jogador eliminado foi o jogador Suíço, que era o short-stack da mesa final. Severim apostou todas suas fichas com {a-Clubs}{j-Clubs}, e foi pago pelo colombiano Rafael Pardo, que tinha {a-Spades}{a-Hearts}. Nada ajudou Severim Walser, de 27 anos, que se classificou para o torneio através de Satélites no PokerStars e ganhou um prêmio de $11,775.00 pela 9ª colocação.

Em oito jogadores, o jogador Vitaly Kovvazin se envolveu em um pote contra o líder até o momento, o Holandês Julien Nuijten. A mão se desenvolveu pré-flop, quando os jogadores colocaram todas suas fichas no pote. Julien tinha {q-Diamonds}{q-Hearts} enquanto Vitaly tinha {a-Clubs}{a-Spades}, que se manteve vencedor em um bordo inofensivo.

O oitavo colocado no torneio foi o Venezuelano Juan Carlos Burguillos, que após perder muitas fichas na mesa final, moveu all-in de 57.000 fichas sobre o raise do Jogador Oliver Kugler, que pagou a aposta. Oliver abriu {a-Hearts}{9-Hearts} contra {q-Diamonds}{8-Diamonds}. Oliver levou o pote, eliminando o oponente. Juan Carlos, de 38 anos recebeu $15,700.00 dólares pelo oitavo lugar.

Pouco depois foi a vez de Rafael Pardo, da Colômbia deixar o torneio. Ele foi eliminado por Julien, que com {k-Spades}{q-Hearts} em um flop com {4-Hearts}{9-Spades}{k-Hearts} ganhou a mão contra o {10-Diamonds}{9-Diamonds} de Rafael. Rafael foi outro jogador que se classificou através de satélites no PokerStars, e recebeu $23,550.00 pela 7ª posição.

O chip leader Vitaly foi o responsável pela eliminação do Alemão Oliver Kugler, que deu raise pré flop e foi pago por Vitaly. O flop trouxe {10-Clubs}{3-Clubs}{4-Clubs}, e Vitaly pagou a aposta feita por Kugler. No turn um {2-Clubs}, e o alemão anunciou all-in. Vitaly pagou imediatamente com {a-Clubs}{6-Hearts}, batendo o par de Damas de Oliver, 36 anos, e que mora no Brasil há 4 anos. Ele ganhou sua vaga no "Última Chance" do PokerStars, e levou para casa $31.400,00 pelo sexto lugar.

O único Brasileiro da mesa final foi eliminado logo depois, ao dar um reraise all-in contra o Holandês Julien. Eduardo mostrou {7-Clubs}{8-Spades} contra {a-Hearts}{5-Clubs} de Julien. O flop deu esperanças à torcida brasileira, quando trouxe {8-Hearts}{4-Diamonds}{4-Clubs}, mas um {a-Clubs} no river acabou tirando o brasileiro em quinto lugar. Eduardo Henriques, de 27 anos mora no Rio de Janeiro, e ganhou o buy-in do torneio do seu melhor amigo, como forma de agradecer Eduardo por ter feito o mesmo em um torneio anterior. Ele ganhou $47.100,00 dólares de prêmio pela sua colocação.

Alex Brenes, jogou a mesa final sob o olhar atento de seu irmão, Humberto Brenes, estrela do PokerStars. Ele estava em terceiro lugar em fichas, quando perdeu uma mão decisiva contra Nikolai. Ele deu raise para 80.000 fichas e recebeu um all-in de Nikolai, 450.000 fichas. Brenes deu call e perdeu o coin-flip contra Nikolai. O par de dez segurou contra o Ás e Dama de Brenes, que ficaria com pouco mais de 7000 fichas e em all-in mode foi eliminado logo depois. Brenes de 44 anos, que já teve vários resultados expressivos em eventos paralelos da WSOP e WPT, deixou a família Brenes orgulhosa ao ganhar $62.800,00 dólares pelo quarto lugar.

O torneio se tornou muito agressivo com três jogadores, Julien , Vitaly e Nikolai.

Vitaly era o líder com 1.400.000 fichas, seguido por Julien com 1.000.000 e Nicolai com 7000.000 fichas.

Nicolai estava tentando equilibrar o jogo, mas viu sua chance de ser o campeão ir embora ao ir all-in com {j-Clubs}{j-Spades}, e encontrar {k-Diamonds}{k-Hearts} nas mãos de Julien. Nada que ajudasse Nicolai apareceu, e o alemão de 18 anos que veio ao Brasil com seu irmão, e contrariando seus pais, volta pra casa com o terceiro lugar e $ 86.350,00 dólares de prêmio.

O heads-up começou com equilíbrio em fichas Vitaly tinha 1.740.000 fichas contra as 1.400.000 fichas de Julien e com apresentação de André Akkari os jogadores iniciaram a busca pelo título.

Julien rapidamente tomou a liderança, e abriu uma bela vantagem de seu oponente quando Vitaly dobrou suas fichas. Ele foi all in após um flop com {7-Clubs}{6-Clubs}{k-Spades}, e foi pago por Julien. Vitaly tinha {7-Spades}{8-Clubs} e Julien abriu a mão vencedora até o momento, um {k-Diamonds}{q-Diamonds}. O turn trouxe um {5-Diamonds}, dando mais alguns outs para Vitaly, quando um {7-Hearts} no river deu uma trinca para Vitaly, que retomou a liderança em fichas nessa batalha.

Julien se tornou muito agressivo depois dessa mão, e conseguiu retomar a liderança após uma série de raises e re-raises all-in. Ele estava dominando o heads-up, quando os jogadores, de novo, se envolveram em um all-in. Após um flop com {9-Diamonds}{j-Diamonds}{9-Hearts}, Julien deu check e Vitaly anunciou all-in. Julien pagou com {a-Diamonds}{8-Diamonds} contra {8-Spades}{5-Clubs} de Vitaly. E novamente o river, que trouxe um 5, tirou das mãos do holandês o título do LAPT, trazendo a igualdade em fichas entre os dois finalistas.

Novamente Julien, que dominou o heads-up do começo ao fim, estabeleceu a liderança em fichas, cerca de 3/1, após uma série de mãos, quando a mão decisiva aconteceu:

Julien abriu o pote apostando 100.000 fichas. Vitaly pagou. O flop trouxe {7-Diamonds}{7-Spades}{q-Spades} e Vitaly deu check. Julien apostou novamente 100.00 fichas e Vitaly aplicou o check-raise, apostando 300.000 fichas no total. Julien pagou. O turn trouxe um {2-Spades} e Vitaly deu all-in. Julien pagou imediatamente, mostrando {8-Spades}{7-Clubs}, contra {q-Hearts}{5-Spades} de Vitaly. O river foi um {a-Diamonds}.

Entrevista com Julien

Com isso, o Russo Vitaly, de 47 anos, que mora nos Estados Unidos há mais de 15 anos, terminou o torneio em 2º lugar, levando um prêmio de $117.750,00 dólares, e Julien Nuijten, holandês de 19 anos, levou o grande prêmio de $222.940,00 dólares e se sagrou o campeão do primeiro LATP, no Rio de Janeiro.

Parabéns a todos os jogadores, e um parabéns especial aos brasileiros que entraram na disputa e para o Grande Campeão, Julien Nuijten.

Faça já o download da Poker Stars e qualifique-se para a próxima etapa do LAPT.

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?