Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

A Esquina de Sexton Vol.42: A Cerimónia dos Campeões do WPT

A Esquina de Sexton Vol.42: A Cerimónia dos Campeões do WPT 0001

Houve uma grande cerimónia no Bellagio na passada segunda-feira, 21 de Abril, na sala de espectáculos Vegas, local onde se realiza o show "O" seis noites por semana. A ocasião era especial, já que homenageava todos os Campeões do WPT das últimas 6 temporadas. Foi apresentado pelos mais cómicos e dinâmicos apresentadores no mundo do poker, Mike Sexton e Vince Van Patten. Além, de cada um dos antigos campeões de cada época terem sido chamados ao palco para receberem umas belíssimas braceletes em prata da Tiffany, houve grandes momentos das diferentes temporadas recordados num enorme ecrã.

Foi um prazer ver os jogadores que ganharam etapas do WPT durante as ultimas 6 temporadas receberem este merecido reconhecimento. Depois de tudo, o que passaram para se tornarem um campeão do WPT, podem certamente considerar esta vitória, como uma das suas maiores conquistas. Sim, existem alguns jogadores famosos que ganharam o WPT, como Doyle Brunson, Barry Greenstein, Phil Ivey, Gus Hansen, Daniel Negreanu, Scotty Nguyen, Joe Hachem, Carlos Mortensen, Layne Flack, Gavin Smith, Erick Lindgren, Dan Harrington, Phil Gordon, Erik Seidel, Howard Lederer e muitos outros. O que me surpreendeu foi que metade deles poderiam passar por mim no corredor que eu não saberia que tinham ganho um título do WPT. Terem uma cerimónia como esta, foi não só um tributo aos jogadores, mas também ao público que adora ver novas estrelas a brilhar!

Sempre me senti orgulhoso pela dedicação do meu irmão ao poker, e este evento não foi excepção. A sua performance, tal como a de Vince Patten, foi excelente, mas o Mike estava a jogar o Main Event ao mesmo tempo, e teve de abandonar a mesa por duas vezes para o ensaio do show "O". O Mike é demasiado modesto para o dizer, mas ele perdeu cerca de 25,000 fichas em blinds e antes durante esse período. Eu fui com ele aos dois ensaios e no primeiro encontrei o Vince. O Vince perguntou-me como iam as coisas e eu respondi-lhe que o Mike estava ali a falar com o Robin Moder sobre o ensaio e quanto tempo poderia demorar, já que estava a perder fichas no torneio.

Eu sei que o Vince e o Mike são grandes amigos, algo que passou pelos ecrãs de televisão durante todas as semanas ao longo de seis anos. Vince é também um jogador de poker. E ofereceu-se para sugerir que ele e o Mike descessem ao palco para rever as frases enquanto estava a decorrer um intervalo de 20 minutos no torneio. Quando Mike se apercebeu do empenhamento da produção, com várias páginas de diálogos que tinha de fazer com o Vince e as várias posições no palco que ele devia fazer, ele agradeceu as palavras de encorajamento de Robin para estar presente no ensaio. Robin é a melhor, e é o braço direito de Steve Lipscomb para tudo o que diga respeito a produções televisivas.

Eu vi a Robin chamar o Mike á parte e explicar-lhe a importância e a necessidade do tempo de ensaio. Ela tratou da situação como uma verdadeira profissional, e é por isso que o Steve tem tanta confiança no trabalho dela. No que toca ao Mike, ele agiu também como um profissional, aceitando perder 25,000 fichas para fazer o que estava correcto. O Mike sempre colocou o poker á sua frente, e é por isso que tem sido um notável embaixador. Ninguém conseguiria acreditar que algum jogador, no maior evento do ano, lidaria desta forma com a situação como Mike o fez. Posso até acrescentar que o Mike teve uma situação complicada durante a última hora de jogo, antes de fazer a apresentação da cerimónia. Ele tinha 66 e o flop foi 8-6-3 rainbow. O turn foi um 8, dando a Mike um full house. O seu adversário foi all in com AA. Os dois viraram as mãos antes do river, e o adversário apanhou um A no river num pot de 200,000! Mike ainda estava em jogo com 135,000 fichas, mas tinha de sair para o espectáculo, e foi exactamente o que ele fez.

Das 8:30 pm até ás 10:30 pm o WPT houve uma festa de recepção de primeira classe para os jogadores. Com cocktails e canapés a serem servidos, estiveram também presentes alguns membros do programa "O". Ocasiões como esta são óptimas para os jogadores, para poderem socializar e conversar longe das mesas. Na ala esquerda da sala havia grandes bandeiras retratando todas as seis temporadas, incluindo imagens de todos os jogadores que tinham ganho um evento do WPT. Foi engraçado observar alguns jogadores encontrarem as suas imagens e tirarem fotografias ou dando entrevistas junto a elas. Ás 10:30 pm, com a atmosfera cordial para os jogadores estabelecida era tempo de começar o show na sala ao lado.

A Esquina de Sexton Vol.42: A Cerimónia dos Campeões do WPT 101

Karen e Mike Sexton na Cerimónia dos Campeões WPT. O casal aguarda o primeiro filho – um rapaz – durante este ano

Steve Lipscomb deu as boas vindas a todos, com um especial agradecimento ao seu staff e aos participantes do WPT nos últimos seis anos. Prestou um tributo especial a Lyle Berman, como o homem que teve a visão financeira de tornar o WPT uma realidade, além de agradecer a sua grande amizade.

Mike Sexton e Vince Van Patten estiveram no seu melhor, na apresentação da gala durante toda a noite com o seu humor e química comum, em sincronia como habitualmente. Cada grupo de campeões do WPT das primeiras seis épocas foi levado ao palco para receber uma linda bracelete Tiffanys WPT, com alguns clips a aparecerem no ecrã com os melhores momentos de cada um.

O momento mais sensibilizante da noite foi quando pediram a Doyle Brunson para dizer umas palavras sobre o seu grande amigo Chip Reese. Eu estava na fila da frente e conseguia ver lágrimas nos olhos dele enquanto reflectia na importância que Chip teve na vida dele, e no mundo do poker. Doyle revelou que todos os familiares de Chip receberam um colar com uma cruz, com cinzas do Chip, simbolizando que ele estaria próximo para sempre. Doyle disse á audiência que a família também lhe deu uma. Foi um momento muito especial que cristalizou a vida e o poker noutra perspectiva!

A "Gala dos Campeões" que o WPT organizou foi um 'grand slam' para todos os que assistiram, e programou dois eventos para mais tarde nessa semana: o primeiro Campeonato WPT Feminino e o Campeonato WPT com buy in de $25,000. Estes dois eventos televisivos foram jogados na sexta-feira, 25 de Abril, e no sábado 26 de Abril. Para o staff do WPT, incluindo o Mike e o Vince, trabalhar e comentar quase 14 horas seguidas não foi tarefa fácil!

No dia seguinte depois do evento feminino ter tido lugar, telefonei ao Mike para saber quem tinha ganho. Mike disse, "O nome dela é Nancy Todd Tyner, e é uma mulher incrível. Ela esteve em dois seminários do WPT onde eu participei. Lembro-me de ela fazer muitas perguntas, em como lidar com várias situações. Ela é boa em tudo o que faz na vida, e aborda o poker da mesma forma. Ela quer ser a melhor. Já esteve envolvida em 196 campanhas políticas em 42 estados e 6 países, e ganhou 98% das vezes!" Deu para perceber que Mike estava impressionado pela sua abordagem estudiosa ao jogo. Ela também tinha uma impressionante colecção de jóias, que irá ficar bem na televisão. O anel da sua mão tinha 33 quilates; o seu colar com 260 quilates rivalizava com o do filme Titanic; e o anel a condizer com 165 quilates deve ter ofuscado ocasionalmente algumas adversárias! Passar de estudante dos "campus" do WPT a vencedora de um evento do WPT televisionado dever ser simplesmente uma das melhores histórias do ano no poker.

Enquanto falava com o Mike na manhã do evento do Campeonato WTP, foi interessante ouvir a sua visão da final. Mike disse, "Os 3 últimos jogadores em fichas são bons, mas vai ser complicado se um dos três primeiros não vencer esta noite. O chip leader é Gus Hansen com cerca de 8.5 Milhões, e este pode ser o seu 4º título no WPT, dobrando todos os outros. O Corey Carroll, segundo em fichas com 6,670,000 é um jogador formidável e complicado. O David Chiu, com 6,050,000 na terceira posição, ganhou 4 braceletes no WSOP, enquanto os outros cinco adversários nunca ganharam nenhuma! David tornou-se famoso ao ganhar o primeiro "Torneio dos Campeões" em 1999, onde as suas leituras impressionantes foram ilustradas quando largou um par de reis pre-flop numa mão, adivinhando que o seu adversário tinha AA, e tinha! Mais tarde fez call, ganhando um grande pote no river, com apenas K high! Os três primeiros têm muita experiência e estão acostumados ás luzes das televisões. Vai mesmo ser muito complicado se um deles não vencer esta noite!"

As previsões de Mike estavam correctas, já que a experiência sobrepôs-se e David Chiu garantiu o título. Primeiro estive sentado atrás da família de John Roveto, que eram os mais audíveis na sala. Ele veio até ao publico para cumprimentar os seus fãs e dar um beijo á sua mulher grávida, e perguntar, "Como vai o bebe?" enquanto subia de uns inicialmente esperados $263,815 (sexto lugar) para um prémio de mais de $900,000 com 3 jogadores ainda em jogo, depois de Gus ter eliminado os outros. John acabou em terceiro e ganhou $923,355. Ele foi jogador dos Chicago Bears nos anos 80.

O torneio começou de uma forma nunca antes vista, com Gus Hansen a eliminar os quatro primeiros jogadores em apenas 22 mãos! Espere até ver esta incrível performance na TV. Hansen eliminou Jeff King em 6º na mão #12 com {10-Spades}{9-Spades} vs {a-Clubs}{q-Clubs} quando no river saiu um T. Depois eliminou o Tommy Le em 5º na mão #15 com um trio de dez contra um trio de cincos no flop. Depois foi Cory Carroll na mão #16 com {7-Diamonds}{5-Diamonds} contra {a-Diamonds}{j-Spades} depois do flop {q-Clubs}{j-Diamonds}{6-Diamonds}, turn {q-Hearts} e river {3-Diamonds} que lhe deu um flush num pote de 15,000,000. Gus parecia ter poderes mágicos, já que quando tinha {a-Hearts}{10-Clubs} contra KK de John Roveto na mão #22, o flop veio {j-Hearts}{9-Diamonds}{8-Spades}, turn foi um inofensivo {6-Diamonds} e o river um milagroso {7-Spades} completando a sequencia. Quatro eliminações em 22 mãos! Poderá ser um recorde que nunca mais venha a ser quebrado num campeonato destes.

Isto levou-nos ao heads-up entre Gus com 22,905,000 em fichas e David Chiu com 4,360,000. Gus tinha uma vantagem de 5.25:1, tendo 84% das fichas em sua posse. Era como David contra Golias! Na primeira mão Gus foi all in. David pensou em fazer call, mas decidiu ser paciente. David escolheu os seus spots na batalha com Gus, até ter a liderança, com precisão cirúrgica. Na última mão, com um pote superior a 20,000,000 a sorte de Gus mudou. Há um antigo ditado que diz, "Vive junto ao rio, morre junto ao rio" O flop foi {a-Clubs}{10-Clubs}{8-Spades}. Gus Hansen tinha finalmente flopado a melhor mão com T-8, 2 pares no flop. David tinha {a-Spades}{9-Spades}, e tinha um par no flop. O turn foi um {5-Spades} o que dava a David mais uns outs com flush draw. Todos na sala estavam ansiosos para ver a carta final, quando o river trouxe o {a-Hearts}. David deu um salto da cadeira para celebrar a sua vitória. Tinha acabado de concretizar uma das mais fantásticas recuperações contra o lendário ultra-agressivo Gus Hansen, e ganhou o prestigiante título do WPT. Na cerimónia de encerramento Gus não encontrou palavras para dizer o que fosse, estando ainda em choque por ter terminado em segundo lugar.

Quando David Chiu arrancou a vitória, dei por mim a regressar 10 anos atrás no tempo, quando o Mike estava de smoking, a entregar a Chiu o troféu, $214,543, e as chaves de um carro Lincoln Town em 1999, em Las Vegas. Meu deus, como cresceram os torneios, já que o primeiro prémio aqui foi de $3,389,140! Com 6 braceletes em torneios principais – quatro WSOP, o Torneio dos Campeões 1999, e agora o 2008 WPT – David Chiu merece ser reconhecido como uma genuína super estrela do poker. Devo acrescentar que o David tem sido muito bem sucedido em cash games por mais de 20 anos, o que só reforça o estatuto de lenda do poker. A sua modéstia e personalidade, dá-lhe tudo o que é preciso para se ser um verdadeiro campeão. Parabéns, David Chiu… És um campeão dos campeões!

O Táxi pára aqui,

Tom Sexton

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?