A Esquina de Sexton Vol.40 Archie Karas Parte 10 – O Regresso

A Esquina de Sexton Vol.40 Archie Karas Parte 10 – O Regresso 0001

Quarenta anos após Archie Karas ter chegado á América e ter ganho, e depois perdido $40 Milhões, será que é possível para ele, fazer um regresso genuíno? Somos todos produtos das nossas experiências, e os seus altos e baixos nos últimos 40 anos foram inacreditáveis. As primeiras nove histórias que escrevi aqui, sobre a vida de Archie, revelaram factos nunca antes tornados públicos e surpreenderam qualquer pessoa que os leu. Archie fez muitos regressos nos últimos 40 anos, mas nenhum pode ser considerado um regresso genuíno.

O que é então um regresso genuíno? Na minha opinião, um regresso genuíno é quando se ganha um prémio grande e conseguimos arranjar forma de ficar com ele. Archie ganhou aqueles $40 Milhões entre 1992 e 1995 e acabou por perder tudo. Depois, demonstrou que era um jogador brilhante nos cinco ou seis anos seguintes, com uma serie de mini-streaks nas quais ganhou mais $10 Milhões. Mais uma vez, perdeu tudo. Estes últimos sete ou oito anos têm sido o maior desafio de sempre para Archie, já que lentamente tem sido impedido de jogar nos casinos. Como Jack referiu na 'parte 9', "Quando um jogador consegue encontrar uma agulha num palheiro, torna-se difícil e perigoso. Archie encaixa neste perfil, e por isso tantos lugares têm receio de jogar com ele."

Entrevistei Archie Karas por mais de 60 horas durante os últimos 3 meses, fui jantar com ele muitas noites pela cidade. Uma noite olhei para Archie e disse-lhe, "Archie, posso roubar-lhe um momento e ser honesto consigo?"

"Claro, Tom, eu respeito a tua opinião… força."

Eu disse, "Quando alguém escreve um livro ou faz um filme sobre uma pessoa que tem uma história incrível, algo fundamental é a forma como acaba, o final. Tenho de ser honesto consigo… o seu final até ao momento é muito triste! Ganhou uma fortuna, superior a $40 Milhões, em dois anos começando com apenas 50$ no bolso. Mas acabou sem nada! A maioria das pessoas vai pensar que se houve alguém capaz de fazer o que fez, esse alguém é um grande idiota! É difícil para as pessoas racionalizarem como é que pode ter ganho tanto dinheiro, sem pôr uns milhões de lado para si! Neste momento existem três finais possíveis para a sua história. Primeiro, o final actual que é extremamente triste: Ganhou 40,000,000 e acabou por perder tudo. Segundo, você morre… o que claro seria um final. Morreria mas a sua história seria imortal. Terceiro, decide fazer uma reviravolta na sua vida e faz um grande regresso. As pessoas adoram assistir a grandes regressos, especialmente por um 'underdog' que parece enfrentar odds tremendas!

"Se olhar para a sua vida nos últimos 40 anos, desde os seus 17 até aos 57 actuais, verá que ganhou um milhão ou mais, mais de 50 vezes, sem mencionar a lenda dos $40 Milhões! Jack Binion referiu-se a isto como a ruína do jogador, onde o individuo não se controla a tempo de saber quando deve abandonar. Jogam o mais alto que conseguem até não haver mais nada. Para si, acha que há alguma hipótese de se ter reabilitado?"

Archie disse-me, "Tom, eu sei que está certo. Apenas me culpo a mim próprio do que aconteceu. Acho que quando somos novos, nos achamos invencíveis, e mesmo que se perca muito dinheiro podemos sempre voltar a recuperá-lo. Penso e lamento, os $40,000,000 que ganhei e perdi todos os dias, e sinto-me como aquele actor no filme Shawshank Redemption protagonizado por Morgan Freeman,"

Perguntei, "Como assim?"

Archie disse, "Ele fez o papel de um tipo, que se chamava Red, que esteve na prisão 40 anos, e estava em frente da comissão de liberdade condicional. Perguntaram-lhe se achava que estava reabilitado. Ele disse-lhes que gostava de viajar no tempo, e voltar ao tempo em que era um miúdo, de forma a tentar conversar com ele próprio, abaná-lo e dizer-lhe como as coisas eram no presente, mas não podia."

Num momento de reflexão, e ao somar alguns dos grandes erros nos últimos 40 anos, a analogia de Archie sobre aquela cena intrigou-me. A personagem de Morgan Freeman aprisionada durante 40 anos era parecida com o facto de Archie estar preso a um período de 40 anos, onde ganhou e perdeu no mundo do jogo. Ambos estavam arrependidos de coisas que não podiam desfazer. Aluguei o filme e vi com atenção a cena a que Archie se refere:


Uma comissão de liberdade condicional composta por 5 membros aguarda Red, protagonizado por Morgan Freeman, quando 2 portas se abrem e ele entra na sala. Pede para se sentar. O presidente da comissão diz, "Os ficheiros dizem que esteve preso durante 40 anos. Sente-se reabilitado?"
Red olha para ele e diz, "Reabilitado… bem, vejamos…. Reabilitado, não faço ideia do que a palavra quer dizer."
Um membro da comissão diz, "Significa… está pronto para reentrar na sociedade?"
Red responde, "Eu sei o que você acha que significa. Para mim é apenas uma palavra feita, uma palavra politica de alguém jovem como você que pode ter um fato e gravata e tem um emprego. O que quer realmente saber? Se estou arrependido do que fiz?"
O membro da comissão responde, "Bem… está?"
Red diz, "Não há um dia que passe que não me sinta arrependido. Recordo-me como era antigamente, um miúdo estúpido que cometeu um crime horrível. Quero falar com ele, e fazê-lo ver como realmente são as coisas, mas não consigo. Esse miúdo morreu há muito. Este velho é tudo o que sobra. Tenho de viver com isso."

Os que conhecem Archie dirão que numa coisa ele é consistente: Archie é a mesma pessoa tenha ele $50 ou milhões nos seus bolsos. A sua disposição não se alterou por ter perdido todo aquele dinheiro. Todos nos deveríamos questionar se conseguíamos fazer o mesmo. Provavelmente, a maioria de nós não conseguiria lidar com tanta adversidade. Por varias vezes Archie deve ter-se sentido como se estivesse em cima de um barco velho e podre a tentar manter o equilíbrio com uma grande tempestade a aproximar-se. As odds para o regresso devem ter sido insuportáveis de lidar depois do desespero com que teve que lidar!

No entanto, o espírito humano nunca deixa de me surpreender. Existem tantos exemplos onde a mente supera tudo e todos, como Jeff Blatnick e Gail Devers. Antes dos Jogos Olímpicos de 1984 em LA, nenhum americano tinha ainda conquistado a medalha de ouro na luta Greco-Romana. O grande peso-pesado Jeff Blatnick acabou por ganhar nesse ano. Surpreendente é o facto de Blatnick ter sido diagnosticado 2 anos antes com a doença de Hodgkin e foi obrigado a retirar o baço e o apêndice. Ele não desistiu, e chegou ao topo do mundo. Gail Devers sofria da doença de Graves, uma desordem crónica ao nível da tiróide e, entre 1988 e 1991, esteve perto de ficar com ambos os pés amputados! Os médicos estavam preocupados se ela voltaria a andar novamente. Surpreendentemente, ela regressou e venceu em 1992 os Jogos Olímpicos em Barcelona ao conquistar a medalha de ouro nos 100 metros, e em 1996 conquista nova medalha na mesma categoria e ainda medalha de ouro nos 100 metros barreiras em Atlanta! Fez parte de 4 equipas olímpicas e ganhou mais 5 medalhas nos Campeonatos do Mundo entre 1993 e 1999. A história de ter tido praticamente ambos os pés amputados e ter chegado a campeã do mundo como mulher mais rápida do planeta, é das mais inspiradoras no mundo do desporto.

No final das minhas 60 horas de entrevista, sinto que nos tornámos bons amigos. Archie confiou-me a sua verdadeira história pela primeira vez. Eu queria ajudá-lo a motivar-se a fazer um regresso no mundo do póquer. Falei-lhe destas histórias motivadoras que citei aqui, de forma a transmitir-lhe que o seu problema não é tão mau como parece. Disse-lhe, "Archie, você apenas perdeu um pouco de dinheiro! (enquanto riamos sobre a minha frase.) Foi apenas um pouco mais de $40,000,000! O talento raro que tem nas mesas de póquer é uma dádiva. Você bateu os melhores jogadores durante a sua vida. O dinheiro que perdeu não foi no póquer, mas em jogos tradicionais como dados e baccarat. Você falhou o 'boom' do póquer, enquanto andava nas pistas erradas. Eu vejo em si um genuíno cavalo de corrida, que procura um grande palco para voltar ao círculo de vencedores."

Outro lendário grande jogador, Nick "The Greek" Dandolos, morreu sem nada, a jogar póquer de $5 em Gardena, Califórnia. Foi uma pessoa, que veio de uma família rica, e que foi mandado para as melhores escolas, onde se formou em filosofia. Com todo o seu charme, ele adorava jogar, e ficou mais conhecido por aquilo que perdeu do que com o que ganhou. O seu famoso jogo de 5 meses com Johnny Moss nos anos 50, originou a celebre frase, "Mr. Moss, vou ter de o deixar ir."

A Esquina de Sexton Vol.40 Archie Karas Parte 10 – O Regresso 101

Archie no Binion's 'antigamente'

Eu disse, "Archie, você era pobre e sem estudos. Fugiu com 15 anos e veio para a América, sem falar uma palavra de inglês. Disputou muitas lutas durante toda a sua vida, e teve de se desviar de todos os perigos da rua. Disse-me, em entrevistas anteriores, que chegou a ter lutas físicas em vários clubes de bilhar e salas de póquer quando era novo, e teve de aprender a defender-se para sobreviver! Algumas dessas histórias virão escritas num livro que se irá escrever sobre si. O que quero dizer é, você apenas tem 57 anos, e não precisa acabar sem nada como o Nick The Greek. Ainda tem tempo para fazer alguma coisa e inverter a situação, se traçar esse objectivo na sua cabeça. Tem uma das mentes mais fortes que já conheci na minha vida. Deixe de pensar em jogar esses jogos tradicionais, e volte á estrada que o pode salvar… o Póquer!"

Archie disse, "Tom, quero agradecer-lhe a motivação que me está a dar para eu voltar. Eu precisava desse discurso. Eu sabia no meu coração, que você era a pessoa certa a quem podia contar a minha verdadeira história. Também sei que está certo… o caminho que devo seguir é voltar ao mundo do póquer outra vez. Os dias de jogar dados com apostas de $300,000 já eram, e a resposta é voltar definitivamente a jogar póquer."

Eu disse a Archie, "Só espero que se lembre do que lhe disse – faça mais que um regresso, faça um regresso genuíno, onde acaba por ficar com o dinheiro em vez de o voltar a perder outra vez. Como disse George C. Scott, citado no filme clássico 'The Hustler', onde explicava a Fast Eddie Felson, na pele de Paul Newman, "O resultado é simples. Somas o dinheiro no final do jogo e vês quem ganhou."

A Esquina de Sexton Vol.40 Archie Karas Parte 10 – O Regresso 102

Archie no Binion's actualmente

Para os jogadores que vão participar no WSOP de 2008, estejam atentos ao regresso da lenda, Archie "The Greek" Karas. Ele está bem mentalmente e fisicamente, e preparado para vencer!

O Táxi pára aqui,

Tom Sexton

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?