PokerStars.com EPT Monte Carlo: Glen Chorny é o Vencedor

PokerStars.com EPT Monte Carlo: Glen Chorny é o Vencedor 0001

O canadiano Glen Chorny era já o chip leader no início do dia e depois de mais uma grande exibição acaba por conquistar o título e arrecadar a incrível soma de €2,020,000.

O dia começou duas horas antes do previsto, já que no dia 4 não se conseguiu chegar aos 8 jogadores para a mesa final. A contagem de fichas no dia final era a seguinte:

Glen Chorny, Canada - 3,370,000

Isaac Baron, EUA - 2,365,000

Michael Martin, EUA - 1,579,000

Maxime Villemure, Canada - 1,220,000

Denes Kalo, Hungria - 957,000

Antonio Esfandiari, EUA - 735,000

Luca Pagano, Itália - 705,000

Valeriy Ilikyan, Rússia - 650,000

Stig Top Rasmussen, Dinamarca - 590,000

Henrik Gwinner, Dinamarca - 466,000

Stig Top Rasmussen foi eliminado em 10º lugar, ainda nos primeiros 20 minutos de jogo e em circunstancias pouco normais a este nível. Todos os jogadores fazem fold até ao botão onde está Michael Martin, que resolve abrir o pote com um raise para 70,000. Valeriy Ilikyan na small blind ainda não tinha anunciado a sua jogada, já Rasmussen na big blind tinha dito all in. O director do torneio foi chamado e determinou que a acção verbal de Rasmussen estava tomada e que Ilikyan podia tomar a sua decisão na mesma. Ilikyan fez call ao all in de Rasmussen enquanto Martin abandonou a mão. O JJ de Ilikyan partia na frente contra o TT de Rasmussen, e nada se alterou. Rasmussen levava para casa €126,000.

De seguida, o short stack Henrik Gwinner fez push all in no botão e Isaac Baron na big blind pede uma contagem de fichas. Baron finalmente fez call com {a-Spades}{10-Hearts} e tinha Gwinner dominado com {a-Diamonds}{9-Spades}. A board trouxe um A, mas nenhum 9 que pudesse ajudar Gwinner apareceu, e estava encontrado o 9º classificado e a respectiva mesa final que tinha o seguinte ordenamento:

Lugar 1: Denes Kalo 1,119,000

Lugar 2: Michael Martin 1,320,000

Lugar 3: Luca Pagano 688,000

Lugar 4: Valeriy Ilikyan 1,396,000

Lugar 5: Antonio Esfandiari 501,000

Lugar 6: Maxime Villemure 1,206,000

Lugar 7: Glen Chorny 3,613,000

Lugar 8: Isaac Baron 2,853,000

Quando estava perto o início da mesa final, começou a especular-se se um americano ganharia a Grande Final do EPT pelo quarto ano consecutivo. Estavam três americanos na contenda, mas a primeira eliminação da mesa final deixava apenas dois. António Esfandiari faz re-raise all in a um raise de Luca Pagano que estava no botão e Luca faz call com {a-Spades}{j-Clubs} contra o A-8 de Esfandiari. Tudo ficou pior para Esfandiari quando viu o flop, porque Pagano fez sequencia e apenas um J podia ajudar o americano para dividirem o pote. Esse J não apareceu e António Esfandiari embolsou €168,000.

Numa frenética acção pre-flop, onde ambos os jogadores acabam por ir all in, o {a-Clubs}{q-Clubs} de Valeriy Ilikyan não foi suficiente para o {a-Diamonds}{k-Diamonds} de Michael Martin. Ilikyan, um Russo pai de três filhos, não conseguiu melhorar a sua mão e terminou em 7º com €253,000. Luca Pagano sairia em 6º quando o seu {a-Hearts}{j-Spades} também não melhorou contra QQ de Denes Kalo. Pagano levou um prémio de €337,000 que representa o seu nono e maior prémio de sempre em eventos do EPT.

Michael Martin que tinha terminado duas posições antes do dinheiro no ano passado, levou este ano €421,000 pelo quinto lugar. Todas as fichas foram apostadas no flop {10-Hearts}{7-Clubs}{6-Hearts}, quando Martin tinha {q-Clubs}{10-Diamonds}. Infelizmente para ele, Chorny tinha JJ que se aguentaram no turn e no river. A senda de vitórias americanas na Grande Final dos EPTs, chegava ao fim quando Isaac "westmenloAA" Baron perdeu com {a-Spades}{q-Diamonds} contra AA de Glen Chorny, e terminou a sua participação em 4º lugar com €589,000.

Maxime Villemure saiu em 3º lugar quando Chorny fez slowplay de uma sequência feita no turn, e Villemure teve o infortúnio de completar uma sequência mais baixa no river. Villemure lutou contra uma gripe durante todo o evento, mas o prémio de €715,000 deve ter o efeito curativo que o Canadiano precisava.

Chorny tinha uma vantagem de 10:1 no início do heads-up e sem surpresas, o confronto durou apenas duas mãos. Kalo foi all in com {k-Hearts}{q-Diamonds} contra o {a-Hearts}{5-Hearts} de Chorny. A board trouxe {a-Spades}{q-Spades}{6-Spades}{6-Diamonds}{10-Diamonds} e Kalo terminou em 2º com €1,179,000.

Resultados finais:

1º - Glen Chorny €2,020,000

2º - Denes Kalo €1,179,000.

3º - Maxime Villemure €715,000

4º - Isaac "westmenloAA" Baron €589,000.

5º - Michael Martin € 421,000

6º - Luca Pagano € 337,000

7º - Valeriy Ilikyan € 253,000

8º - Antonio Esfandiari €168,000

O Canadiano Glen Chorny, que se tinha qualificado para o EPT Monte Carlo a jogar os Satélites Steps na Poker Stars por 700$, transformou esse valor em €2,020,000 com a sua vitória.

Aproveite e tente ainda qualificar-se para o WSOP na Poker Stars, com os nossos fantásticos bónus e freerolls.

Mais notícias

O que pensas?