Agora ao vivo Live Stream André Coimbra PokerStars.pt

O Outro Lado do Pano, Vol.2: Não Anunciar

O Outro Lado do Pano, Vol.2: Não Anunciar 0001

A regra #12 da Associação Directores Torneios diz:

Não Anunciar/ Não Aconselhar/ Um jogador por mão

Jogadores são obrigados a proteger os outros jogadores num torneio em todas as alturas. Por isso, os jogadores, estejam na mão ou não, não podem:
1. Anunciar as cartas que têm na mão ou que fizeram fold;
2. Aconselhar ou criticar uma jogada antes da acção acabar;
3. Ler uma mão que ainda não foi mostrada. A regra de um jogador por mão aplica-se.

Umas das regras mais discutidas entre jogadores de topo e directores de torneio tem sido, "Devem os jogadores terem o direito de falar sobre as suas mãos ou até mesmo mostrá-las durante uma jogada?"

Eu digo, inequivocamente, "NÃO!"

Na minha opinião Jamie Gold atrasou o poker um ano com a sua demonstração clara de quebrar regras no caminho para a sua vitória nas WSOP 2006. Quando vi-o a falar das suas mãos e a se safar com isso, apetecia-me vomitar. Ainda digo que se fosse director de torneio em 2006, Jamie Gold nunca teria ganho porque ele teria sido penalizado e depois parava, mas de certeza que depois muitos jogadores de high-stakes iriam ficar fulos comigo. A mão famosa do "Top Top" foi claramente contra as regras e até Norman Chad apercebeu-se e pronunciou-se. O director de torneio devia tê-lo penalizado.

Compreendo que as conversas na mesa tornam o jogo mais divertido, interessante, e melhor para a TV. No entanto, existem algumas razões inapropriadas em torneios:

1. Não estás heads up até estar só dois jogadores no torneio e a tua acção afecta todos os outros jogadores;

2. Consegues imaginar o barulho que iria haver se todos os jogadores tivessem oportunidade de falar sobre as suas mãos? Estruturas de torneio seriam prejudicadas ainda mais por jogadores a tentar fazer cenas tipo Hollywood desta maneira;

3. As linhas cinzentas de jogadas macias são suficientemente difíceis de controlar. Deixar os jogadores mostrar e discutir mãos só tornaria isso impossível.

4. Pode parar acção. Imagina que tens Ases e o flop vem com 3 espadas mas tu não tens nenhuma, tu podes querer mostrar as tuas cartas para que o outro jogador não faça call. E também, imagina que o outro jogador não pode bater a carta que mostraste.

Daniel Negreanu já disse tanto no "High Stakes Poker" como no seu blog que deveria ser permitido falar durante mãos e que os directores de torneio estão a estragar o jogo com as suas regras. Claro, "High Stakes Poker" é um jogo vivo e é completamente diferente de um torneio. Foi numa mão contra Sam Farha que Daniel mostrou um 10 num flop 992; a conversa continuou e Sam Farha fez fold à melhor mão – excelente para TV, não é? Infelizmente, a maior parte das mãos num torneio não são televisionadas e há espaço a mais para interpretação daquela situação. Eu acho sinceramente que Daniel estava confuso quando fez aqueles comentários e estava a comparar um jogo feito para TV com um torneio.

Phil Hellmuth e eu tivemos um debate público sobre esta matéria em Aruba no ano passado, e foi um pouco vergonhoso quando ele começou a gritar numa sala cheia com mais de 100 jogadores. Não era o lugar certo para ter esta discussão mas tenho a certeza que os jogadores ficaram contentes ao ver Phil baixar o volume. Nós discutimos isso mais tarde nesse dia, e não só ainda somos amigos, ele parece entender as minhas questões no assunto, apesar de ele não gostar porque acha que elimina uma das suas técnicas de intimidar.

Outra situação de não poder anunciar pela qual penalizei Antonio Esfandiari aconteceu no WPT 2006 no Bay101. Antonio estava all in, mas ainda estavam outros dois jogadores na mão. Numa moda típica Antonio levantou-se e pôs-se em cima da cadeira, e quando o flop veio A-J-10 ele desceu da cadeira e começou a abraçar os seus fãs. Eu estava lá e quando a mão foi mostrada, Antonio tinha o que eu e todos pensavam que ele tinha, que era K-Q. O problema é que a sua acção anunciou a sua mão e fez com que os outros dois jogadores fizessem check até ao river quando sabiam que não podiam ganhar o pot principal. Eu penalizei-o imediatamente, e ele ouviu a minha explicação e aceitou o castigo.

Eu entendo as razões pelas quais alguns jogadores prefeririam poder anunciar as suas mãos e mostrar as cartas, mas acredito no meu coração que a regra de não poder anunciar é o melhor para o poker. Há mais aspectos positivos do que negativos.

Vemo-nos na final table!

Matt

Matt Savage é um dos directores de torneio mais reconhecido mundialmente, e já esteve envolvido em mais de 350 eventos televisionados, incluindo as WSOP, o WPT, e muitos outros. Matt é um dos fundadores da Associação de Directores de Torneio, o primeiro a ser induzido no Poker Managers Hall Of Fame, e actor no filme Lucky You. Se tens algumas questões sobre algumas regras, por favor envia-as para AskTheBoard@PokerTDA.com ou então procura no website de Matt SavageTournaments.com

Nota Ed: Faz já o download da Inter Poker e escreve o que quiseres no chat!

Mais notícias

O que pensas?