Lucky You: Estreia em LasVegas

Lucky You: Estreia em LasVegas 0001

Hollywood gosta de fazer filmes sobre tudo o que está na moda. Quando o break dance estava na moda nos anos 80, fizeram-se o "Breakin" (9) e "Greakin 2: Electric Boogallo" (1984). Quando a internet começou a estar na moda nos ans 90, tivemos filmes como "Hackers" (1995) e Sandra Bullock em "The Net" (1995). Desde 2003, quando o poker entrou em definitivo na cultura das pessoas, Hollywood deu-nos filmes como – bem, na verdade, de nada!

Hollywood virou-se para o poker ocasionalmente nos últimos anos, misturando-o em filmes como "The 40-Year-Old-Virgin" (2005) e o último filme de JamesBond, "Casino Royal" (2006). Mas isso não os torna filmes de poker. "Lucky You", que estreia este fim-de-semana, é o primeiro filme de poker verdadeiro desde "Rouders" (1998) – e isto torna-o no primeiro filme verdadeiro sobre poker desde a explosão deste desporto em 2003.

"Lucjy You" estreou em Las Vegas no Red Rock Casino na noite de Quinta-feira. Houve uma estreia no início da semana em New York para os actores e os media, mas esta noite estava reservada para os jogadores de poker, muitos dos quais com participação no filme.

Passerelle Vermelha

Esta não foi uma estreia clássica a Hollywood, e não vimos limusinas a deixarem as estrelas na carpete vermelha com os fans a gritarem à frente do cinema. A carpete vermelha tinha apenas 5 metros de comprimento, e estava dentro do casino, na entrada do cinema. Enquanto não havia sinal de Robert Duvall, Eric Bana, ou Drew Barrymore (as estrelas do filme que fora à estreia em New York), os fans puderam ver Doyle Brunson, Daniel Negreanu, Eric Lindgren, Chau Giang, Greg Raymer, Scotty Nguyen e Mike Matusow.

O Lendário director de torneios, Matt Savage, também marcou presença e estava a entrevistar os jogadores no tapete vermelho. Savage está relacionado com o filme – foi consultor dos produtores do filme, e tem também um pequeno papel como director de torneio nas World Series of Poker.

Mesmo com o estatuto de celebridade conseguido pelos jogadores de topo nos últimos anos, muitos ainda não se habituaram aos paparazzi. Mas, no entanto, contribuíram para o filme, dando entrevistas e pousando para as fotografias antes de entrarem no cinema.

Mike Matusow estava animado como sempre, quando lhe perguntaram como foi possível estar 15 horas no cenário e apenas aparecer 8 segundos no filme. Matusow, tal como muitos dos jogadores no filme, não faziam de personagens, mas de si próprios dando um tom mais parecido ao verdadeiro ambiente vivido em Las Vegas.

Momentos antes do início do filme, Todd Brunson leu uma mensagem dos produtores à audiência. Foi um discurso normal de agradecimento pela participação dos jogadores no filme. Brunson animou o discurso, inserindo o seu nome várias vezes durante o discurso.

"Lucky You" – Análise do Filme

A não ser que se fale de um documentário, os filmes de poker não são sobre poker – é apenas o ambiente onde os personagens existem. Infelizmente para "Lucky You", esses personagens não são muito interessantes.

O personagem principal é Huck Cheever (interpretado por Eric Bana), um jogador de poker que precisa de $10,000 para a entrada nas World Series of Poker de 2003. Porquê 2003? Os produtores queriam usar o sentimento de que o poker estava a despoletar na altura. Se o colocassem em 2005 (quando a produção começou), o mundo do poker estaria um pouco diferente.

A cena de abertura é forte – somos apresentados a Huck que está a analisar uma câmara digital e a negociar um bom preço. Mas o filme é sempre a descer a partir daí. Huck encontra-se com Billie ocasionalmente (representada por Drew Barrymore), como cantora de Bakersfield, Califórnia, e juntam-se num instante quando ela tem a sua primeira experiência de jogo como jogadora de poker. a relação azeda quando Huck mente-lhe, pede-lhe para mentir numa aposta, e rouba-a. Mas, tal como um convidado no "The Jerry Springer Show", ela volta para o seu destrutivo namorado.

Huck vive na sombra de seu pai, famosos jogador de poker L.C. Cheever (papel desempenhado por Robert Duvall). L.C. é um lendário duplo vencedor das world poker championships, e procura a sua terceira vitória para ficar na primeira página dos recordes de poker. Pensa que é a sua última oportunidade de ganhar o torneio, porque se está a tornar muito grande. A sorte tem um papel maior agora. (Um amigo de Huck resume bem: "és tu contra mil excêntricos de computador"). Parece que L.C. passa a maior parte do seu tempo a seguir o seu filho em Las Vegas, porque onde quer que Huck vá, o seu pai aparece por coincidência,

A motivação de Huck permanece durante todo o filme. Tenta angariar os $10,000 para poder jogar o principal torneio das WSOP, mas nem sabemos porquê. Será que precisa do prémio? Quer provar que é o melhor do mundo? Quer escapar da sombra do pai? A entrada para o torneio é tão importante para ele que está disposto a mentir e roubar, mas quando finalmente consegue o dinheiro de um investidor, perde-o em minutos para o pai. (Os investidores não gostam quando isto acontece, e Huck paga um preço.)

Quando começa o principal torneio das WSOP, Huck tem o seu lugar, mas parece não se importar. O torneio passa-se muito rapidamente, e a cara de poker de Huck não nos deixa aperceber como se está a sentir, ou porquê. Num dos poucos momentos tocantes do filme, Huck observa como os outros concorrentes são acarinhados pelos amigos e família – mas não tem ninguém a não ser o seu investidor.

O final do filme é espectacular e autêntico. A sala de poker do Bellagio e do Binion's Horseshoe foram recreados na perfeição que você irá assumir que foi filmado no próprio local (na maior parte não o foi), e a aparição dos jogadores de poker dá ainda mais credibilidade. No entanto, existem algumas mãos que farão os mais cépticos pronunciarem-se – particularmente uma mão na mesa final em que Huck faz muck a uma mão vencedora (eliminando a si próprio do principal torneio das WSOP em processo) depois de seu pai mostrar a segunda melhor mão.

Alguns jogadores têm um pequeno papel de camaleão.

Jennifer Harman perde para Huck num satélite, por isso deram-lhe um nome diferente. David Oppenheim e Johnny "World" Henningan fazem as mesas finais, mas com nomes diferentes (e o nome de Henning é particularmente divertido). Enquanto que Harman, Henningan e Oppenheim fizeram um bom trabalho de representação, a maior parte dos outros jogadores de poker fazem-nos recordar porque não são actores, e parecem pouco confortáveis com as câmaras. Até Sam Farha, que interpreta o seu próprio personagem, tem dificuldades em dizer as suas próprias expressões. Tem muito mais credibilidade no "High Stakes Poker".

Existem momentos divertidos no filme. Existe um personagem parecido a Brian Zembic que vive das apostas laterais – e sim, tem seio de homem! Numa das muitas tentativas de angariar os $10,000, Huck faz uma aposta parecida ao filme de Kevn Costner, "Tin Cup". Procure Marco Traniello numa cena, humoristicamente reportado como um personagem que não joga poker, porque este filme foi rodado antes de ser um conhecido jogador de poker. Sam Farha deu uma valente gargalhada por ter sido eliminado precocemente das WSOP 2003 por "algum jogador de poker da Internet que nunca tinha jogado qualquer torneio ao vivo" – uma clara referência a Chris Moneymaker.

Por falar em Moneymaker, não aparece no filme. Embora tenha sido realizado com jogadores verdadeiros, é uma WSOP 2003 de ficção, não um documentário da vida real.

O filme estreia este fim-de-semana ao mesmo tempo do "Spiderman III". Pelo menos não existe o strees de tentar ser o filme nº1 da semana, mas fazemos figas para que seja o nº2.

Nota Ed: Jogue poker online com muitos dos actores/jogadores presentes neste filme, ao fazer jogar os nossos Freerolls Especiais PokerNews para as WSOP deste ano!

Mais notícias

O que pensas?