Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Psiquiatra do Poker – Problema do Poker – Os Profissionais

Psiquiatra do Poker – Problema do Poker – Os Profissionais 0001

Recebi vários emails a questionar a dimensão do Problema do Poker para os profissionais. A resposta é fácil e óbvia para qualquer pessoa que esteja rodeada de profissionais.

Os profissionais de poker não só experimentam o Problema do Poker, como os efeitos são maiores do que nos jogadores recreativos. Qualquer pessoa que siga o poker de perto, particularmente aqui no PokerNews.com, saberá que alguns profissionais têm uma atitude de "jogo" mas as razões para estes comportamentos são iluminadoras e ajudam ao jogador casual que também está a experimentar alguns aspectos negativos do Problema do Poker nas suas vidas.

Não interessa o que lhes queiram chamar, é a acção que alimenta os demónios dos jogadores. Os jogadores profissionais têm acção e apostas paralelas em tudo o que se possa imaginar, apostando até em quem durará mais tempo a jogar um torneio. Existem apostas feitas em quaisquer probabilidades sobre qualquer coisa, não interessando quão ridículas sejam. Um dia alguém terá de escrever (ou re-escrever) o livro definitivo das apostas mais ridículas realizadas à volta das salas de poker, no circuito profissional, e terá de ser uma versão com um círculo vermelho no canto superior direito.

Depois da acção, vem o dinheiro. Não deixe que alguém lhe diga que os jogadores prefeririam ter a "bracelete" e que o dinheiro não interessa. Quer uma prova? Tire o dinheiro e veja quem aparece nos torneios. Pode não ser primariamente o dinheiro, mas não teria jogadores profissionais a fazer esta pergunta sem os milhões de dólares empinados na mesa final.

Em anos recentes pode adicionar "fama" à "acção" e ao "dinheiro" para formar uma potente poção de "vício". O fenómeno Poker Rock Star explodiu com a aparição do Problema do Poker entre os maiores nomes do poker. Quão grande é o efeito da fama no poker, experimente ver um casino a tentar organizar um torneio com grande buy-in hoje em dia sem ter a cobertura da televisão. Sem cobertura televisiva não há publicidade, e sem publicidade não há jogadores.

Então como se combinam a acção, o dinheiro e a fama como origem do Problema do Poker? Veja as maiores ligas desportivas profissionais à volta do mundo. Futebol, basebol, basquetebol, rugby e hóquei; todas elas têm programas para introduzir os novos jogadores aos problemas da fama e saúde. Uma das componentes deste sistema de alerta educacional é o perigo da nova riqueza e do jogo. Mas com o poker o jogo é jogo, como pode avisar alguém acerca do elemento essencial da usa vivência? E como lida com jogadores que não são jogadores de equipa devido à natureza dos desportos que praticam; quem é que ficará sozinho? Como evita os problemas de jogo se tiver de atravessar um casino diariamente para se deslocar para o trabalho? Os empregados dos casinos são muitas vezes banidos por jogar no trabalho. Os jogadores profissionais de poker vão trabalhar para jogar.

Consegue conectar um emaranhado perfeito de sintomas para questões físicas melhor do que dinheiro, fama e a enorme adrenalina sentida durante a acção? Junte estes ingredientes num ambiente baseado no jogo do poker para ver quem ganha o dinheiro dos outros. Com certeza que ninguém deverá ficar surpreso que o Problema do Poker exista ao nível profissional. É minha esperança que com o surgimento da Aliança de Jogadores de Poker e outras organizações profissionais, existirá em breve um movimento que aborde as questões físicas e mentais que são as epidemias nos rankings dos jogadores profissionais.

Nota Ed: Não tenha problemas em ganhar o dinheiro dos outros jogadores na Everest-Poker.

Mais notícias

O que pensas?