Será Poker um desporto? – Parte 1

Será Poker um desporto? – Parte 1 0001

Tal como muitos jogadores de poker, eu era bastante mau em desporto na escola, e depois como adulto entrei em algumas maratonas, e fiquei contente por simplesmente tê-las acabado. Depois entrei numa maratona de solidariedade local com 5 Km e acabei por ficar em terceiro de entre cerca de 200 corredores. Para mim este foi um grande resultado e imediatamente usei o resto da energia que tinha para ir ter com os organizadores e perguntar onde é que os resultados iam ser publicados e onde é que estava a minha medalha.

A resposta que tive foi:

"Isto foi correr para se divertir"

Fiquei de rastos, este era um evento organizado e deviam-me uma medalha de bronze, e ainda mais importante queria que isto ficasse registado em algum lado para que eu pudesse ler (ninguém mais iria ler) que tinha ficado em terceiro, numa corrida a sério, com corredores a sério. Como se atreviam a minimizar o meu resultado ao dizer que era para correr só para se divertir, aliás, onde estava o presidente da Câmara, os jornalistas dos jornais locais e os apresentadores dos canais de desporto?

Mais tarde apercebi-me que era uma corrida pelo divertimento, nada a sério, e ninguém se importava, era mesmo só para se divertir.

Acho que é o mesmo sentimento de necessidade de validar algo, como senti nesse dia, que muitos jogadores de poker sentem quando descrevem poker como um desporto. Todos nós sabemos que é um jogo de perícia, com alguma sorte, e para os restantes que não jogam poker, a sorte parece ser muito mais importante que o resto do jogo. A pessoa que não joga poker, olhará para o poker como um jogo de casino, com todos os estereótipos negativos associados a ele, tais como beber, fumar, e vicio no jogo. Quando nós, jogadores de poker, fazemos a comparação a desporto, fazemos a descrição tal como queremos vê-lo – glamoroso, disciplinado e acima de tudo com perícia.

Já encontrei várias definições de desporto, algumas das quais eu poderia usar, já que definiriam poker como um desporto, no entanto, o que se segue é dos nossos amigos do dicionário de inglês de Oxford, que é reconhecido como o dicionário com a melhor reputação, e até porque dão ênfase à parte de que a maioria das pessoas não aceita o poker como desporto:

Uma actividade envolvendo esforço físico e perícia, em que um individuo ou equipa competem contra outro ou outros.

Na parte da competição não temos problema nenhum, poker é sem duvida um jogo de competição contra outras pessoas e não contra a "casa". O elemento da perícia, espero que ninguém discorde porque se você é um jogador de poker e não aceita a perícia como um elemento importante, então provavelmente você é um jogador muito fraco e será bem-vindo para jogar na minha casa em qualquer altura.

A diferença clara entre poker e os outros desportos aceites, é claramente o aspecto físico, a maioria dos observadores imparciais aceita a ideia de que sem suor, não há desporto. Poker está longe de ser um jogo físico, mas no entanto alguém que tenha participado num torneio ao vivo que dure vários dias irá dizer-lhe o contrário. É difícil fisicamente e para estar a jogar ao seu melhor após dias de pouco ou nenhum tempo a dormir, é preciso ter uma grande capacidade física. Mas usar os torneios de poker como defesa para que poker seja considerado um desporto, iria desconsiderar os jogos de dinheiro e torneios na Internet pelo facto de serem relativamente curtos.

Torneios de poker são um teste de resistência, mas a dinâmica de uma única mão só pode ser considerada uma actividade mental. Doyle Brunson dificilmente pode ser considerado um atleta, um cidadão sénior, que apesar da idade continua a ser um dos melhores jogadores do mundo.

Muitas pessoas nunca vão ver além do esforço físico para considerar o que é e não é desporto, no entanto existe um grande número de competições físicas em que também pode ser questionado o seu título de desporto, e não estou a dizer que nenhum destes são desporto, alias até penso que são, mas não é o físico que os torna um desporto:

Setas e Bilhar

Não requerem esforço físico, mas os jogadores irão discordar tal como quando falamos em torneios de poker, mas estes jogos são sobre a coordenação mão-olho. Ambos podem acontecer num bar, tal como o poker num casino, mas nenhum deverá estar nas hipóteses para desporto olímpico. A maioria dos jogadores de setas são rapazinhos gordos que não correm para apanhar o autocarro, mas no entanto são elegíveis para personalidade de desporto do ano.

Desporto automóvel

O que importa é que eu ganharia a qualquer piloto de F1 numa corrida (numa estrada sem curvas) se eu tivesse um Ferrari e eles tivessem uma carroça que eu chamo de carro. O equipamento é directamente ligado com o sucesso da equipa, e a habilidade a conduzir e não a sua capacidade física é que determinam os resultados.

Musculação

Descrito por aqueles que o praticam como o único desporto, musculação é um paradoxo interessante. Por um lado é das coisas que exigem mais esforço físico, os praticantes, comem, dormem, e respiram musculação e levam os seus corpos além do que parece ser possível. E por outro lado, eles simplesmente põem-se lá parados. Na realidade não fazem nada de diferente no dia de competição, a competição foi tudo até aquele momento, depois um júri faz o resto. Físico é, mas a competição e a habilidade são questionáveis.

Existem inúmeros outros desportos que podiam ser postos em questão, mas acho que mostrei o meu ponto de vista, que o físico não é o que determina se algo é um desporto. Para o próximo artigo continuo este tema. Este debate lembra-me outra questão controversa…

…O bolo do caco é um bolo ou um pão? (É um pão).

Nota Ed: Não existe resposta fácil para fazer crescer a sua banca. A não ser que faça o download da MANSION POKER e reclame o seu bónus de $1,000.

Mais notícias

O que pensas?