"Dr. Pauly" nos Aussie Millions – Dia 3: Gobboboy no Comando

"Dr. Pauly" nos Aussie Millions – Dia 3: Gobboboy no Comando 0001

O Dia 3 do torneio principal do Aussie Millions começou com 80 jogadores, ou seja todos os que tinham garantido prémio monetário. No fim do dia, Jimmy Fricke era o chipleader e a lenda de "Gobboboy" espalhava-se pela sala.

O prodígio da Internet de 19 anos, tinha previsto ganhar o Aussie Millions, um dia antes do seu começo. Após um Dia 3 sortudo, em que ele eliminou vários profissionais, Gobboboy já era temido pelos restantes, pelas mãos brutais em que eliminara os anteriores. Nenhum dos profissionais queriam meter-se numa mão com o Fricke, especialmente com a melhor mão. . . porque já sabiam que o resultado poderia ser fatal. Gus Hansen, Andy Black, e Patrik Antonius acabaram o dia no Top 5 em fichas e vão perseguir o Gobboboy no Dia 4 numa luta pelo prémio de $1,5 milhões do primeiro lugar.

Joe Hachem ficou-se pelo vigésimo terceiro posto, ao ser eliminado pelo Jonas Buskas. O estudante da Suécia jogava pela primeira vez ao vivo num torneio e acabou por eliminar ambos os irmãos Hachem. Hachem nunca chegou a ter muitas fichas para jogar e parecia que estava constantemente em risco de ser eliminando desde o início do torneio. Com poucas fichas, Hachem fez all-in de 67K com Q-7. Buskas fez re-raise para 150K, todos fizeram fold, e ele mostrou A-Q. Hachem estava dominado por Buskas, e a sua mão não melhorou. Apesar de ser eliminado, o campeão das WSOP de 2005 foi aplaudido efusivamente.

O campeão em título Lee "Final Table" Nelson também perdeu no Dia 3. Nelson foi all-in com K-9 contra o A-Q de Gus Hansen. Hansen ficou com um set de Damas com um flop, Q-Q-4. Nelson ainda ficou com a hipótese de flush. Mas nada mais o ajudou e foi eliminado no trigésimo sexto lugar.

Haralabos Voulgaris começou o Dia 3 como chipleader mas aos poucos foi perdendo fichas e foi eliminado em vigésimo primeiro. Ele perdeu uma mão enorme contra o Gobboboy, quando o flop era Qs-Qh-4s. Voulgaris fez check raise all-in ao Gobboboy, ao que este respondeu com 10s-8s. Voulgaris tinha um par de setes na mão. No turn veio o Ks que deu o flush a Gobboboy, e nada mais ajudou Voulgaris. Gobboboy tinha perdido alguns pots num total de 1 milhão de ficahs, quando falhou três flush draws. Mas desta vez o seu flush materializou-se.

Ville Laukkanen foi a próxima vítima de Gobboboy. Laukkanen fez all-in com 2-2 e Gobboboy chamou com K-7. No flop só uma gutshot para Gobooboy, com as cartas sendo J-9-8. O turn foi um A e no river um 10 para dar a sequência a Gobboboy. Laukkanen ficou no vigésimo lugar.

Tudo estava a correr bem no torneio principal para Shane "Shaniac" Shleger. Apesar da sua banca ter tido altos e baixo nos primeiros dias, ele parecia estar em controlo até que Gobboboy o eliminou com uma mão incrível. Todas as fichas foram parar ao pot com um flop de Q-9-2. Shaniac virou Q-J e tinha Gobboboy dominado, já que este tinha Q-10. Mas Gobboboy teve runner-runner (um K no turn e um J no river) para a sequência contra os dois pares de Shaniac. O pot era de quase 3 milhões, e o atordoado Shaniac ficou em décimo nono. Com esta mão Gobboboy foi o primeiro jogador a passar dos 3 milhões em fichas.

Depois daquela mão com Shaniac, os jogadores e fãs começaram a referir-se a Jimmy Fricke como "The Luckbox" em vez de "Gobboboy", A sua sorte iria continuar quando foi com 10-10 contra o K-K de Nathan Bobik. Veio logo um 10 no flop e ninguém acreditava no que estava a ver. Gobboboy tinha tido sorte de novo. Bobik saiu em décimo sétimo e Gobboboy continuava.

Gus Hansen começou o dia em segundo em fichas e já tinha 750K depois de ter eliminado Lee Nelson. Hansen passou a maior parte do dia na mesa da TV, onde eliminou dois jogadores e acumulou 2 milhões em fichas. Hansen fez raise pré-flop para 66K com J-J. Kev Atkin fez all-in com Q-10, e Robert Golfarb fez all-in com A-K. Hansen tinha que por mais 265K num pot com mais de 600K.

"Eu devo ter os meus 18% habituais… faço call", disse Hansen enquanto encolhia os ombros e empurrava as fichas para o pot.

O flop foi 9-3-2. O turn foi um 8 e o river um 6. Os J-J de Hansen aguentaram e eliminou ambos os jogadores. No fim do Dia 3, Hansen seria o segundo em fichas, logo atrás de Jimmy "Gobboboy" Fricke.

Contagem de fichas após o Dia 3:

Jimmy "Gobboboy" Fricke $2.6M

Gus Hansen $1.861M

Andrew Black $1.759M

Patrik Antonius $1.637M

Marc Karam $1.249M

AVERAGE STACK $1.067M

Julius Colman $1.018M

Hans Martin Vogl $849K

Jonas Buskas $820K

Kristy Gazes $713K

Paul Wasicka $560K

Jacob Glassl $464K

Patrick Fletcher $462K

Dennis Huntly $449K

Emanuel Seal $434K

O segundo classificado das WSOP, Paul Wasicka ainda está, juntamente com Kristy Gazes. Ambos têm menos fichas que a média. O Dia 4 começa as 11AM horas locais e acaba quando restarem 7 jogadores. A sorte de Gobboboy vai acabar ou será que os profissionais como Gus Hansen, Andy Black ou Patrik Antonius ficaram com uma parte do seu enorme stack? Para descobrir, siga a acção pelos live updates.

Nota Ed: Torne-se profissional de poker durante um ano e venha cá jogar o Aussie Millions em 2008 ao fazer o download da PACIFIC POKER.

Mais notícias

O que pensas?