Agora ao vivo Marrakech Poker Open

Humildade, Concentração e Respeito; eis o Jeff Madsen

Humildade, Concentração e Respeito; eis o Jeff Madsen 0001

Pouco menos de um mês foi o que o Jeff Madsen precisou para ganhar 2 braceletes e mais de $1,400,000.00 de dólares nas WSOP deste ano, e assim saltar para as luzes da ribalta. Mas já são muitos os jogadores que falam acera deste jogador que já tem fans que não sabem absolutamente nada a seu respeito. Chamam-no de muitas coisas; entre elas, de o jogador de 21 anos de stud da Internet, o jogador degenerado que usou todas as suas poupanças para jogar as WSOP, o festeiro, a caixa da sorte, e até do melhor jogador de torneios do mundo. Nenhum destes nomes está correcto, e o Madsen irá explicar-vos porquê.

O Madsen começou a jogar ao vivo no Chumash casino na Carolina do Sul. Durante os seus estudos conseguiu poupar algum dinheiro que lhe permitiu poder jogar os torneios das WSOP deste ano. Sabe que será adorado e odiado, mas afirma estar sempre a aprender acerca de poker. Quanto às afirmações de que ele é apenas sortudo, são ridículas; um jogador não consegue fazer quatro mesas finais só com sorte.

Nenhuma das suas mesas finais foi televisionada, por isso deverá ser difícil ajuizar o seu estilo de jogo. Ainda bem para o Madsen. "Estou contente por não transmitirem as minhas mãos", disse-nos. "Provavelmente escolheriam umas e a ESPN emoldurar-me-ia de uma certa maneira. "É verdade que tive sorte em algumas mãos, especialmente quando as minhas QQ encontraram uma parceira contra os AA do meu adversário, mas espero que passem mais do que isso". Passa o que passar, o Jeff Madsen sabe como jogar poker.

Encontrei-me com o Jeff pela primeira vez quando era lidere do torneio Omaha, que eventualmente terminaria na terceira posição Quando o entrevistei, pareceu-me em total controlo do seu poker. Com 21 anos e $66,000 mais rico, perguntei se não ficou decepcionado por não ganhar a bracelete e o que faria com o dinheiro. "De maneira nenhuma, o Jack Zwerner já joga há uma eternidade e mereceu ganhar a bracelete. Ele jogou maravilhosamente bem". "Quanto ao dinheiro, provavelmente vou pagar uns copos aos meus amigos, mas nada de especial. Ainda tenho mais torneios pela frente, Ainda não tenho carro, por isso devo comprar um".

Quando perguntei se compraria um Mercedes, respondeu peremptoriamente que vai comprar qualquer coisa mais barata porque não quer gastar o dinheiro desnecessariamente. Esta é a essência do Madsen – contente, modesto, e acima de tudo, uma boa cabeça em cima dos ombros. E é por todas estas razões que os seus amigos lhe têm muita estima e que com certeza brilhará no circuito.

Fico chocado quando o encontro na mesa final do torneio de No Limit. Duas finais em duas semanas é verdadeiramente impressionante. Encontro o Zack Zwerner e digo-lhe: "Aquele miúdo que ganhaste, o Madsen, está noutra mesa final", ao que ele respondeu: "Sim, é verdade, ele sabe realmente jogar. Ele também é um bom miúdo, muito correcto."

O Madsen ganha a segunda bracelete e $660,000 e eu dirijo-me a ele para o felicitar. Ele vê-me e dá-me um abraço. Eu pergunto-lhe: "Agora já podes comprar dois Kias?!" Ele ri e abana a cabeça."Vais tornar-te profissional agora?" – ele de repente faz uma cara séria e diz: "vou me esforçar ao máximo para acabar os estudos". Olho para os $660,000 espalhados na mesa à minha frente e fico admirado com a sua disciplina. "Boa sorte com o resto das tuas WSOP" disse-lhe. Pouco sei que não irá precisar.

6 dias depois… encontro novamente o Madsen. "Isto começa a ser ridículo" pensei. Ele acabava de bater o E-dog, Erick Lingren e acrescentar $643,000 à sua conta. Ele vê-me na assistência e vem cumprimentar-me. "Tens-te divertido como uma estrela de rock?" perguntei. "Não, ainda não tive tempo, só tenho descansado e preparado para estes torneios." Respondeu. Inquiro-o acerca dos estudos, e com mais de $1.000.000 de dólares mantém-se firme em acabar o curso.

Quanto ao Lindgren, ele parece esmagado. Ele estava a lutar pela sua bracelete, mas ainda não seria esta noite. 20 minutos depois ele recompõe-se e dá os parabéns ao Madsen convidando-o para um sushi nessa semana.

O próximo torneio em que participa está inexplicavelmente na mesa final outra vez. Os profissionais apercebem-se disso e vão-me perguntando como é que ele se está a sair. O David Williams, não raras vezes levanta-se da sua mesa e grita "Força Jeff", quando este vai all inn. O Williams está a jogar uma mão importante para conquistar uma bracelete, mas parece mais preocupado com o destino do Jeff.

O Gavin Smith vem ter com o Madsen e diz-lhe: "Se continuas a ganhar assim, não haverá mais nada para ganhares durante 10 anos!". Na sua última mão, o Noah Boeken e o Jean-Robert Bellande parecem ansiosos, enquanto o Williams espera em antecipação por um relatório do que aconteceu. O Madsen acabaria eventualmente por acabar em terceiro e embolsar outros $66,000. O Madsen tem a menor experiência de stud de entre os seus adversários – ele joga um pouco online, mas não passa disso. Mesmo assim, os seus adversários ficam surpresos com a sua qualidade de jogo.

O vencedor desse torneio, o Pat Poels, diz que "ficou extremamente impressionado com a maneira de jogar do Jeff. Ele lá vai ganhando aqueles pequenos pots e consegue desistir facilmente de uma mão batida. Ele joga muito bem."

Bill Elder que ficou em 5º neste mesmo torneio disse que "Deveria detestar o Jeff porque ele tem tido tanto sucesso, mas é impossível, porque ele é um jovem extremamente bem comportado".

A última vez que vi o Madsen foi no torneio principal. Ele é um nome reconhecido e está equipado dos pés à cabeça com material da FULLTILT POKER. Mas continua o mesmo jovem de antes, simpático. Uma senhora senta-se a seu lado e pergunta-lhe: "És o Jeff Madsen?" Ele ri e abana a cabeça. Ele mantém-se a conversar com os seus parceiros de mesa, e estes mais tarde dizem-me que é um enorme prazer jogar com ele. O Jeff acaba por ser eliminado no Dia 2 A, e os seus parceiros de jogo ficam tristes por o ver sair.

Pergunto-lhe pela última vez: "Vais mesmo voltar para a escola? Como é que te poderás concentrar nos estudos se estiveste a jogar para milhões com jogadores como o E-dog no mês passado?". Ele sorri e diz-me: "De certeza que nas aulas estarei a sonhar com o poker, mas de certeza que voltarei. Provavelmente jogarei alguns torneios de $10,000 durante o ano, enquanto acabo os estudos". Perguntei-lhe se já tinha carro. Respondeu-me: "Ainda não, mas provavelmente terei um Toyota".

Um Toyota é o prémio para o Jogador do Ano das WSOP, e é um modesto prémio para a pessoa com os pés mais assentes na terra que já alguma vez entrevistei, vencedor de duas braceletes e estudante Universitário, Jeff Madsen.

Nota Ed: Faça como o Jeff, jogue você também na FULLTILT POKER.

Mais notícias

O que pensas?