Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Jogar para Setvalue

  • Kurt Verstegen / Daniel CordeiroKurt Verstegen / Daniel Cordeiro
Jogar para Setvalue 0001

Jogar para set-value, o que quer dizer exactamente? Grande parte de vocês ja deve saber, mas para aqueles que não sabem, aqui vai uma breve explicação. Jogar para set-value significa que jogas um par de mão com o objectivo de no flop acertares num set. Se não acertares num set, desistes da mão 95% dos casos. Neste artigo iremos discutir situações em que fazes limp com um par de mão baixo e és confrontado com um raise. Iremos também falar sobre situações onde colocas o teu oponente numa mão forte e terás de melhorar a tua mão ao acertares num set para que ganhes a mão. Irás ver-te frequentemente forçado a fazer call a um raise ou reraise para ver um flop. Em situações como esta, terás de te perguntar se o teu call pré-flop é rentável ou não.

A regra 5/10

A regra 5/10 implica que faças call a um raise com um par de mão se esse raise for menor que 5% da tua stack e fazer fold se o raise for maior que 10%. Se o raise estiver algures entre esses valores, terás de confiar no teu próprio juízo. Se um jogador A tem uma stack de $50 e o jogador B tem uma stack de 30$, nenhum dos dois pode ganhar mais que $30. A regra 5/10 é acerca de implied odds. Se o teu oponente tem uma short stack, ou faz raise de mais de 10% da stack pré-flop, o teu call não será rentável. Se, por outro lado, ambos tiverem stacks grandes, poderás fazer call com o objectivo de conquistar a stack inteira do teu adversário.

Pessoalmente não sou grande fã da regra 5/10, pois acredito que uma decisão call/fold deverá ser baseada em mais factores do que apenas o tamanho das stacks. Alguns jogadores também acreditam que a regra 5/10 não está actualizada pois o jogo hoje em dia está muito mais agressivo. Como resultado, irás 'stackar' o teu oponente com menos frequência, pois ele terá a tendência para fazer raise com mãos mais marginais. Isto é definitivamente correcto, mas o facto de a regra 5/10 se focar apenas no tamanho das stacks é um forte argumento para não utilizar esta regra.

Primeiro, um par de odds

Antes de discutir todos os factores, precisamos calcular um par de odds.

As hipóteses de NÃO acertares num set no flop são de (48/50) x (46/48) = 0.8825 ou 88.25%. Portanto as hipóteses de acertares um set no flop são 1 – 0.8825 ou 11.75%. Será isto suficiente para a tua análise? Não! Porque mesmo que acertes num set, ainda existe a hipótese de perderes a mão. Pensa nos flush e straight que o teu oponente poderá ter. Em média serás favorito por 88% para ganhar a mão caso acertes num set.

Portanto quão grande é a hipótese de acertar um set no flop e ganhar mão? Isto seria 0.1175 x 0.88 = 0.1034 ou 10.34%. Vamos assumir que 10% é uma estimativa boa para o número de mãos que ganharás quando jogas para setvalue.

Alguns jogadores usam com frequência a relação 82% para 18% entre um overpair e um underpair. Por exemplo: com {4-Spades}{4-Clubs} contra {k-Hearts}{k-Spades}, terás cerca de 18% de hipóteses de ganhar a mão. Esta estatística de 18% pode ser usada pré-flop em situações all-in, mas em cash games raramente será esse o caso, pois raramente verá um turn ou river se não acertar num set. Portanto estes 18% são hipóteses muito grandes para se usar aqui.

Além de que, alguns críticos podem afirmar que em 5% dos casos, onde não acerta num flop, ainda pode ganhar a mão se no flop ficar open end straight draw. Isto pode aumentar os teus 10% de hipótese para ganhar. Mas podemos sempre tornar as coisas mais difíceis para nós e imaginar todo o tipo de cenários no flop. Estamos simplesmente a falar de setvalue aqui, e ao nos mantermos com a nossa marca de 10% já estamos a ser bastante realistas com as nossas chances de ganhar a longo prazo.

Analizar facores importantes

Range do Vilão

Para começar existem algumas coisas gerais que podemos descobrir ao pensar logicamente. Se o vilão faz raise ou re-raise podemos colocá-lo num certo range. Quanto mais tight for este range, mais tentados devemos estar para jogar para setvalue. Porquê? Bem, vamos assumir que temos {5-Hearts}{5-Diamonds} contra o vilão 1, e mais tarde contra o vilão 2. O vilão 1 é extremamente tight. Se ele faz um raise podes ter quase a certeza que ele terá JJ+. Ele nem sequer faz raise com AK pois pensa "acertar em algo antes e apostar depois". O vilão 2 joga de maneira diferente. É mais loose e faz raise pré-flop com qualquer par, Ás suited, suited connectors etc.

Agora imagina cada um de vocês com uma stack de 100BB. Vilão 1 faz raise. Call ou fold? Principiantes irão pensar com frequência nesta situação "Vou fazer fold, ele tem-me batido de qualquer das maneiras". Se tens poucas ou nenhumas implied odds (como numa fase final de um torneio) isto seria correcto. Num cash game, onde tens com frequência 100BB à tua frente, não será. Fazes call e esperas ver um flop do tipo {5-Spades}{2-Hearts}{8-Diamonds} para que o teu adversário nunca faça fold ao seu {a-Hearts}{a-Spades}. E tu vais com o objectivo de conquistar toda a stack do teu oponente.

Umas mãos mais tarde o vilão 2 faz um raise e tens {5-Hearts}{5-Diamonds} outra vez. O que fazer agora? Bem neste caso não quererás só jogar para setvalue visto que tens menos implied odds. Não estou a dizer que devas fazer fold aqui! Só tens de ter em conta que ele não irá fazer push com o seu {7-Spades}{8-Spades} num flop {5-Spades}{2-Hearts}{9-Diamonds}.

Por isso lembra-te, quanto maior o range do teu oponente, menos provável será stackares o teu adversário. Alguém que só faça raise com AA/KK será muito mais fácil de stackar do que alguém que faz raise com qualquer mão que tenha uma cor jeitosa.

Agressão pós-flop e nível do vilão

Este é também um factor importante. Alguns vilões praticamente nunca irão fazer C-Bet se não acertarem em nada no flop, enquanto que outros vilões podem disparar um segundo ou terceiro barril (apostando no flop, turn e/ou river com ar). Jogar para setvalue torna-se obviamente mais interessante contra adversários agressivos.

Quanto mais agressivo for o vilão, mais dinheiro irás conseguir adicionar ao pote antes do flop. Começas a lamber os dedos depois de acertares o teu set no flop contra um oponente que gosta de mentir ao disparar apostas no flop, turn e river. Mas nada é mais frustrante do que acertar num set num flop e ver um vilão fazer fold contra uma aposta de 1/3 do pote.

O nível de skill do teu oponente é também muito importante. Alguns jogadores são tão maus que irão fazer um call das suas stacks inteiras com QQ numa board com K. Alguns jogadores não conseguem fazer fold a AA postflop, enquanto que outros podem não ter problemas em desistir dos seus Ases. Oponentes melhores irão dar menos acção depois do flop, o que torna difícil de construir um pote.

Problemas de dinheiro

Irei agora descrever 3 situações. Elas diferem num só aspecto: o montante da 3-bet do teu adversário. Imagina-te numa situação com um vilão em que ambos têm uma stack de 100BB. Tens {10-Hearts}{10-Diamonds} UTG+1. UTG faz fold e fazes um raise para 4BB. Toda a gente faz fold até ao vilão no botão, que faz raise para 8BB (exemplo 1), 12BB (exemplo 2) e 16BB (exemplo 3). SB e BB fazem fold e necessitas tomar uma decisão. O vilão tem jogado muito tight e estás a colocá-lo num overpair.

Se fazes call, será lucrativo a longo prazo? 10% das vezes irás acertar num set e ganhar a mão. As outras 90% terás de fazer fold no flop. Se não acertares num set, irás perder o custo do call. Se acertares, irás ganhar o pote ( mais as SB e BB e caso existam, limps) + um certo montante X. O número X irá dar-te as tuas implied odds: o que consigo do meu oponente se acertar o meu set? Sabemos que X não pode ser maior que o restante da stack do oponente depois do re-raise. Aqui está o modo como podes calcular o teu EV para os três exemplos:

EV = (hipótese de acertar num set e ganhar)(pot + X) + (hipóteses de perder)(custo do call)

Exemplo 1

EV = (0.10)(13.5BB +X) + (0.90)(-4BB)

Exemplo 2

EV = (0.10)(17.5BB + X) + (0.90)(-8BB)

Exemplo 3

EV = (0.10)(21.5BB + X) + (0.90)(-12BB)

Vamos ver estas equações em forma de gráfico:

Jogar para Setvalue 101

Antes de mais, uma observação importante. Todas as linhas neste gráfico acabam num certo X. A linha 1 é mais longa que a 2, e esta mais longa que a 3. Isto porque X está a decrescer pois o vilão faz um raise maior pré-flop. Quanto mais ele aumenta pré-flop, menor é a stack dele pós-flop, o que reduz o valor de X.

No exemplo 1 estás break even (EV=0) quando X = 22.5BB. Isto é definitivamente exequível. No exemplo 2 fica um pouco mais complicado. Aqui ficas even quando X = 54.5BB. Isto é, em média, mais de metade de uma stack que tens para ganhar pós-flop, e se é possível ou não depende do vilão. Se ele só faz raise com AA isto pode ser possível. Mas se ele faz raise com 22+/AJs+ isto será bem mais difícil. O exemplo 3 é completamente sem esperança, pois nunca ficarás even nesta situação. Só podes ficar break even quando ganhas uma média de 86.5BB pós-flop. Isto nem sequer é possível visto que o vilão só tem 100BB – 16BB = 84BB depois do re-raise pré-flop. Neste caso não podes fazer call para setvalue.

Vamos imaginar agora que deixamos o jogador UTG fazer raise para 4BB em vez de fazer fold. Fazes call com par de mão de 10 e o mesmo jogador no botão faz raise para 8BB/12BB/16BB, tal como antes. Como muda isto a situação? Bem, para começar, há mais 4BB no pote.

Ajustando o gráfico:

Jogar para Setvalue 102

Como podes ver agora, no exemplo 1 fazes call quando X = 18.5BB, e no exemplo 2 quando X = 50.5BB. Podes agora fazer um call even no exemplo 3 quando X = 82.5BB, apesar de que deverias ter SEMPRE a certeza de que irás stackar o vilão de cada vez que acertas num set. Como podes ver, o jogador UTG melhorou a tua situação ao colocar mais dinheiro no pote antes do flop.

Neste gráfico podemos ver que as stacks, as tuas implied odds, o custo do teu call e o dinheiro no pote são todos factores que precisam ser considerados.

Sumário

Depois desta análise podemos sumariar um par de pontos:

Range do vilão

-pequeno: melhor fazer call para setvalue

-maior : não fazer call para setvalue ( talvez para pair value )

Contra jogadores com um range pequeno podes jogar melhor para setvalue. Podes fazer o mesmo contra jogadores loose, mas podes querer fazer re-raise em vez de call, isto porque podes pensar que o teu par é bom ou para aumentar a pressão no adversário. Tens de manter em mente que tens menos implied odds contra jogadores loose pois estes entram, com alguma frequência, em potes com mãos marginais.

Agressão Pós-flop

-maior: melhor fazer call para setvalue

- menor : melhor não jogar para setvalue

Quanto mais agressivo é um vilão, mais dinheiro acaba no pote. Podes tentar armadilhá-lo ao fingir que estás em draw, podes convencê-lo que estás a fazer bluff, seja qual for a maneira como ages: mais dinheiro irá parar ao pote, melhor é para jogar em setvalue.

Nível do vilão:

- fraco: melhor fazer call para setvalue

- forte : melhor não jogar em setvalue

Jogadores melhores irão perceber com frequência que acertas-te num set, e irão dar-te menores implied odds. Jogadores maus são mais fáceis de lêr, e irão facilmente empurrar o seu JJ all-in numa board 4-5-8. Jogadores que entram em tilt também são fáceis de stackar. Dinheiro fácil!

Tamanho das Stacks

- maiores : melhor fazer call para setvalue

- menores : melhor não jogar em setvalue

Stacks grandes são boas, stacks pequenas não. É irritante ver um jogador com 20BB fazer raise e teres de fazer fold a {4-Clubs}{4-Spades} visto que não há nada para ganhar de qualquer das maneiras. Stacks que são maiores que 100BB são normalmente ok. Com pequenos raises pré-flop, uma stack entre 60BB e 100BB também serão suficientes. Com mais jogadores no pote, também há mais para ganhar, portanto podes mais facilmente jogar para setvalue num pote multi-way.

Custos do call pré-flop

- menor : melhor jogar para setvalue

- maior : melhor não jogar para setvalue

Tens de fazer call de 4BB ou 5BB para ver um flop? Aquela BB extra pode não parecer muito, mas a longo prazo aquela BB pode mudar o valor de X dramaticamente. Na altura em que um jogador fizer uma 3-bet para 4x o teu raise inicial, é quase impossível fazer call para setvalue, a menos que tenhas um oponente que entre facilmente em tilt ou stacks massivas.

Dinheiro no Pote (raises/limps/calls)

- mais: melhor jogar para setvalue

- menos : melhor não jogar para setvalue

Este factor é também muito importante. Quanto mais "dinheiro morto" existir no pote, melhor será para ti. Este dinheiro terá uma influência positiva no teu EV, como poderás confirmar nos cálculos acima.

Mais notícias

O que pensas?