Estratégia em Jogos No Limit Hold'em Full Ring

Estratégia em Jogos No Limit Hold'em Full Ring 0001

A maioria dos jogadores de cash games têm mais tendência para jogar em mesas de 6, ou mesas shorthanded. No entanto, quase todos começaram por jogar mesas full ring. Full ring significa mesas onde se podem sentar 9 ou 10 jogadores.

Este artigo vai apresentar as regras básicas para se poder vencer em jogos de full ring NL Hold'em. Vamos discutir as vantagens de jogar full ring, estratégias que devem ser adoptadas, e vamos comparar full ring com jogos shorthanded.

Porquê Full Ring?

Quando se fala em full ring muitos dirão, "é aborrecido", "ABC Poker", "Pouco variância" e "põe-me a dormir". Claro que depende de como joga nestas mesas, mas de uma forma geral é suposto ter mais acção numa mesa 6-max do que a jogar full ring. Em full ring coloca 1,5 BB em cada 10 mãos, enquanto que em shorthanded coloca 2,5 BB por cada 10 mãos. É um aumento de 66%, e vai automaticamente influenciar o jogo. Numa mesa full ring o jogador pode jogar muito menos mãos sem que haja um efeito directo negativo na sua win-rate ou no dinheiro que perde ao colocar as blinds.

Outra diferença é que nas mesas de 6-max normalmente tem de ser mais agressivo, enquanto em full ring tem a hipótese de esperar por mãos melhores sem gastar tanto dinheiro. Esta é uma opção que tem, o que não quer dizer que tenha de jogar desta forma.

Então porquê começar a jogar em mesas full ring? Nos dias de hoje quase toda a gente joga em mesas 6-max, especialmente os bons jogadores. É uma excelente razão porque deveria experimentar as mesas full ring. Já que a maioria dos bons jogadores estão em mesas 6-max é normal encontrar mais maus jogadores em mesas full ring. A maioria dos jogadores full ring, nos limites baixos, são divididos em duas categorias. A primeira é a dos que são muito loose. Este tipo de jogadores não fazem muito raise, e têm tendência a fazer limp com um range muito grande. Do outro lado estão os jogadores tight cujo range consiste em AQ+. Os jogadores desta categoria estão em maioria.

Se full ring cash games não é o seu 'jogo principal', então existem 4 situações nas quais a mudança para full ring é uma possibilidade, e as vezes até recomendada. Primeiro que tudo, se está a começar no poker, é definitivamente uma boa ideia começar a jogar full ring, só para conhecer o jogo. Vai aprender sobre a força e fraqueza das suas mãos e a dinâmica do jogo. A segunda situação é se é predominantemente um jogador de torneios. Jogadores de MTTs são quase sempre jogadores de full ring. Se pretende começar a jogar cash games, então jogar em mesas full ring é provavelmente uma boa ideia. A terceira situação é se o seu jogo de 6-max não estiver a correr muito bem. Uma bad run resulta muitas vezes em perda de confiança no seu jogo, por isso esta mudança para full ring vai também reduzir a variância no seu jogo. A quarta situação é quando joga shorthanded e decide subir de limite. Para se habituar ás quantias apostadas é uma boa ideia jogar umas 1000 mãos nas mesas full ring antes de começar nas mesas agressivas de 6-max.

Estratégia

Nesta parte vamos discutir de forma breve, a posição, valor das mãos, roubo de blinds e a estratégia associada.

Posição

A diferença entre 6-max e full ring é que nos jogos full ring existem mais 3-4 lugares na mesa. Isto significa que quando se encontra nas primeiras posições, estará fora de posição mais vezes do que numa mesa 6-max. Se fizer raise UTG, ainda faltam falar 8 ou 9 jogadores, quando comparamos com 5 nas mesas 6-max. Será então mais provável que tenha de jogar a mão contra mais jogadores fora de posição. Como resultado, fazer raise com o 'segundo grupo' de mãos como, pares baixos, baixos suited conectors, e mãos tipo KQ e AJ tornam-se menos apelativas. Como isto se pode ainda fazer discutiremos mais tarde.

Jogo Preflop

Existe outra razão para ser perigoso fazer raise nas primeiras posições numa mesa full ring. Como existem muitos mais jogadores na mesa, as hipóteses de um jogador ter uma mão melhor é obviamente maior. Se regularmente fizer open-raise (ou bet) com mãos medíocres, como as descritas anteriormente, e houver um re-raise, tem de largar a mão na maioria das vezes. Vai estar quase sempre fora de posição, e a sua mão vai estar na grande maioria das vezes atrás do range do jogador normal. Deve dar mais respeito a 3-bets num jogo full ring do que em 6-max.

Quando, por exemplo, jogadores com estatísticas de 12%VPIP e 8%PFR (algo que irá ver com frequência nas mesas full ring e menos em mesas 6-max) começam a fazer 3-bet, o range deles é muito pequeno. Mais uma vez, a hipótese de alguém na mesa ter uma mão forte é mais provável em mesas full ring do que em mesas 6-max. Por outro lado não se deve esquecer que em jogos full ring, quando os primeiros 3 ou quatro jogadores fazem fold, passa a ser essencialmente um jogo 6-max. As duas únicas diferenças são de que os jogadores restantes jogam de uma forma geralmente mais conservadora e passiva, e que foram foldadas mãos que 'não eram boas'.

Como já foi dito, um jogador que faça open-raise UTG numa mesa full ring é na maioria das vezes sinal de uma grande mão. Se alguém decidir fazer 3-bet ao jogador que abriu o pote UTG então esse jogador tem um monstro. A experiência diz-nos que devemos dar muito respeito a 3-bets em mesas full ring. Claro que pode usar isto para sua vantagem ao fazer 3-bets para roubar mais potes preflop, mas deve ter em mente que especialmente os jogadores nas primeiras posições jogam muito tight e que os bets e raises deles normalmente indicam força.

Ranges de Mãos

Com que mãos devo fazer open-raise? E de que posição? Tenho de fazer um aviso relativamente ao range de mãos. Vai torná-lo previsível, dificultando que possa fazer mais dinheiro nas mesas. É aconselhável que se adapte á dinâmica da mesa e aos jogadores á sua volta.

Um range geral de mãos com que pode fazer open-raise:

UTG and UTG+1: AQs+, AKo, JJ+

Early MP (3ª e 4ª posição): AJs+, AQo+, 99+

Late MP (5ª e 6ª posição): AT+, KJs+, 77+

Cut Off: ATo+, A8s+, KTs+, 9Ts+, 22+

Button: A8o+, A2s+, 56s+, 68s+, 22+

Este range é ainda muito conservador. Se a sua mesa for de 9 jogadores, como na PokerStars por exemplo, então pode esquecer as duas Middle-Positions. Tente também ajustar o tamanho dos raises. É normalmente boa ideia fazer raises mais pequenos com uma maior variedade de mãos, por isso raise 3BB em vez de 4BB. Desta forma, se levar com re-raise custa menos dinheiro largar a mão.

Se por exemplo dois jogadores fizerem limp antes de si, há um range de mãos com que pode fazer limp também. Mãos como suited connectors que têm muitas implied odds, Axs e pares baixos. O mesmo pode ser dito para fazer call a raises. Pares de mãos portam-se bem nestas situações já que têm implied odds. Se um jogador tight open-raise nas primeiras posições e fizer call com um par, pode ganhar um grande pote se completar um trio. Para alargar todas as mãos com que pode fazer call nestas situações, depende muito da dinâmica da mesa. Se está perante jogadores agressivos que fazem muito raise, deve ter cuidado em fazer call com mãos com implied odds nas posições iniciais. No long run pode custar-lhe muito dinheiro porque irá ter de fazer fold muitas vezes a 3-bets. Por este motivo, fazer call a raises e overlimp resulta melhor nas últimas posições.

Se tiver um monstro e estiver em EP ou MP e um jogador antes de si fizer raise, então um re-raise é quase sempre obrigatório. Definitivamente não vai querer ver um flop contra 3-4 jogadores quando tiver AA. Nas mesas full ring há muita acção entre vários jogadores, enquanto em mesas 6-max o mais normal é o jogo ser heads-up quando chegamos ao flop.

Ganhar dinheiro preflop

Em jogos full ring pode ganhar muito dinheiro preflop, ou pelo menos perder relativamente pouco. Os jogos shorthanded não estão designados para open-limps. Nesses jogos ganha-se o pote ao fazer raise tantas vezes, que seria doido se não o fizesse. Apesar de haver algumas vantagens em fazer open-limp em jogos 6-max, essas vantagens são muito maiores em full ring. Isto relativamente ás primeiras 3 ou 5 posições. Aqui, open-limp é permitido! Porquê? Quando enfrenta um reraise e tem 22 UTG normalmente teria de fazer fold, porque as odds para tornar esta mão rentável são normalmente baixas. O que pode fazer em relação a isso? Faça limp com 22 UTG. Se alguém fizer raise, pode fazer call. Mais vezes do que em jogos 6-max, irá jogar potes contra vários adversários em full ring, o que resulta em implied odds mais altas. O valor esperado quando completa o trio é maior e as suas perdas limitadas.

Mais ainda, quando faz open-limp e um jogador depois de si faz bet e um outro faz raise, facilmente pode fazer fold da sua mão com o custo de 1BB, quando usualmente custaria 3 a 4BB. Se fizer open limp e todos fizerem fold até á Big Blind, pode facilmente conquistar o pote com uma aposta de 2BB. Obviamente tem de ter cuidado com esta jogada. Nunca sabe quando o jogador na BB não tem um ou dois pares.

Pode fazer limp com um range muito variado de mãos, desde pares baixos a suited connectors e Axs. O objectivo desta jogada é entrar no pote com um raiser e ganhar o pote postflop com a nossa mão com implied odds. Isto só resulta se a maioria dos jogadores da mesa tiverem uma stack decente na frente deles, e por decente digo 100BB ou mais. Se está sentado numa mesa com muitos short stacks então as suas implied odds são muito mais pequenas.

Também pode fazer open limp com monstros e esperar que um jogador faça raise. Isto vai acontecer com frequência. Quando acontecer, pode fazer re-raise, o que vai ser um sinal de grande força. Para o seu adversário fazer call nesta situação também tem de ter um monstro. Esta jogada é muitas vezes usada como bluff contra um adversário muito LAG em full ring.

Outra forma de fazer dinheiro nestas mesas é começar a atacar os limpers. Os mais fracos e loose, são os que fazem limp com mais frequência para verem flops, são um bom alvo para atacar. Em LP pode ganhar muitos potes fazendo raise aos limpers. A melhor altura para o fazer é quando tem vários limpers na sua frente. Certifique-se que faz um raise suficientemente grande de forma a que não receba call dos quatro. A regra aqui é 4xBB + 1BB por cada limper, até um máximo de 7BB. Não se esqueça de anotar os jogadores que regularmente usam a táctica do limp-raise.

Se fizerem fold até si, pode ganhar as blinds com frequência. Os jogadores em full ring são normalmente bastante tight, por isso se fizer raise em LP vai ganhar muitas vezes o pote sem grande oposição.

No flop e depois do flop

Uma mão má é pior em full ring do que em 6-max. Há mais jogadores na mesa, o que leva a que os jogadores tenham melhores mãos preflop. Os potes são muitas vezes multi-way depois do flop. Os jogadores nestes pots têm normalmente boas mãos que podem melhorar no flop, por isso o valor da nossa mão diminui. Em média, entra no pote com mais adversários com melhores mãos.

Mãos onde ganha potes num jogo shorthanded, como A high ou segundo par, normalmente não são suficientes em full ring. Por outras palavras, o valor de showdown da sua mão em full ring é em média menor do que em 6-max.

Quando faz raise preflop e recebe um call, existe sempre a questão de fazer C-bet ou não. A mesma regra se aplica aqui com o valor da sua mão. Quantos mais adversários, mais vezes vão melhorar a sua mão, menos vezes vai ser lucrativo fazer C-bet. Obviamente esta regra varia consoante as mesas e os adversários, mas de uma forma geral vai estar perante mãos melhores em full ring do que em 6-max. Isto vai levar a que a sua percentagem de C-bet seja mais pequena do que em 6-max.

Conclusão

Jogar em full ring vai geralmente provocar menos variância no seu jogo comparativamente a 6-max. Pode ser uma agradável mudança de cenário se não estiver a correr muito bem, mas não se esqueça de fazer os ajustamentos necessários ao seu jogo quando começar a jogar full ring.

Mais notícias

O que pensas?