Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Estratégia de Poker: O Pecado Mortal – Dar uma Carta de Borla

Estratégia de Poker: O Pecado Mortal – Dar uma Carta de Borla 0001

"Tinha um par de Ases, o flop foi AJ2, depois um 8, depois um 3. Não acredito que ele ficou até ao river com 45. Este poker na Internet é uma aldrabice."

Isto pode soar como o tipo de histórias de bad beats que costumas ouvir num torneio online ou num casino. Uma mão infeliz claramente, mas antes de sentirmos pena do nosso homem com Ases, precisa de saber a informação que falta nesta história. Ele cometeu o pecado mortal – ele deu cartas de borla ou cartas baratas?

A ideia de dar uma carta de borla estende-se para além do óbvio, para qualquer situação em que estás na frente, e perdes uma oportunidade de apostar ou fazer raise. Algumas situações são evitáveis, pois podes estar à frente com uma mão marginal, mas mesmo nestas mãos, terás cometido tecnicamente um erro de poker.

Em termos técnicos, deste uma carta barata quando a tua aposta é suficientemente pequena para que o adversário tenha os pot odds correctos para perseguir a sua mão.

Porque é que isto é um pecado?

Em termos básicos, podes ver uma mão de poker como uma série de apostas entre ti e o teu adversário. Tal como deves escolher correctamente que apostas aceitar, tens que também fazer apostas contra o teu adversário em teu favor, não a seu favor.

A teoria é esta:

Se fazes uma aposta que não oferece ao teu adversário odds para fazer call, ganhas de ambas as maneiras. Ou ele faz fold e ganhas o pot, ou ele faz call sem ter odds.

Como é que as pessoas dão cartas de borla, e como posso evitar?

• Um erro muito comum é que um jogador apanha um flop bastante bom e não consegue apostar apropriadamente. Claro que existem algumas situações onde o slow-play funciona que é uma maravilha. O teu adversário pode apostar e colocar uma armadilha em si mesmo, ou às vezes a mão que tens no flop é tão grande que podes te dar o luxo de dar cartas de borla. Geralmente, no entanto, é aconselhável apostar estas grandes mãos apropriadamente. Isto protege-te de todos os draws possíveis que o teu adversário possa ter, e do perigo do facto de não saberes que draw ele tem.

• Lembra-te, mesmo que fiques com uma mão enorme no flop como um set, há sempre um número de draws no flop para mãos que te vão bater. Mesmo que tenhas um set de Ases num flop A87 com duas espadas, então qualquer mão com duas espadas ou qualquer J10, 109, 106, 96, 65, 64, ou 54 estão à distância de uma carta de te bater.

• Aliás, uma boa regra para implementar é nunca fazer slowplay quando estão duas cartas do mesmo naipe na mesa – é muito perigoso.

• A maior razão para apostar a tua mão apropriadamente é claro para aumentar o dinheiro no pot. É sempre desapontante ficar com uma grande mão no flop e perder para o adversário – fazer apostas baratas ou menos apostas pode garantir que ganhes um pot pequeno.

No entanto, apostar muito desde o início dá-te a oportunidade de ganhares um pot gigantesco, e vais-te sair bem melhor a longo termo se correres o risco de perder para o adversário.

• Olha outra vez para o exemplo onde ficamos com um set de Ases no flop AJ2. O nosso adversário tem 45 para um gutshot. Nesta situação, não há valor a tirar em fazer apostas pequenas, porque ele não tem nada senão um draw. Aliás a coisa certa a fazer é uma aposta grande para que ele não possa fazer call com o seu gutshot.

• A ocasião mais difícil de evitar dar uma carta de borla é quando estás na frente mas com uma mão marginal. Uma das marcas de um jogador experiente é que ele consegue ganhar estes pots sem dar a oportunidade do seu adversário se colocar na frente.

• Uma técnica muito boa a este respeito é combinar isto com tirar o teu adversário de mãos que até estão à tua frente com uma aposta grande. Um exemplo seria se tiveres AK numa board Q92. Uma aposta grande irá não só te ganhar o pot se o teu adversário tiver uma mão pior que a tua, mas pode também tirá-lo de uma mão como um par baixo na mão ou mesmo um par baixo da mesa.

Conseguir uma Carta de Borla

Claro, se revertermos a situação e dar-nos a mão com um draw, estamos interessados em ter cartas baratas e de borla. Uma técnica que alguns jogadores usam é esta:

• Se estiveres com posição (último a falar) com uma boa mão de draw, faz raise à aposta do teu adversário. Idealmente, ele faz fold, mas se ele fizer call e fizer check na turn, podes fazer check e ter a carta de borla assegurada.

Claro que isto é uma jogada de risco. Se o teu adversário fizer re-raise no flop, conseguiste o contrário do desejado, e tornaste as coisas caras para o teu draw. Esta jogada é melhor quando achas que a mão do teu adversário é fraca o suficiente para fazer fold, ou para que ele se acalme no pot.

Um Tell

Existe uma "técnica" comum que podes ver os teus adversários fazer a jogar ao vivo, se eles estiverem à procura de uma carta de borla. Eles agarram as suas fichas quando és tu a falar, numa tentativa de te parar de apostar. Procura este "tell" nos teus adversários, e evita a tentação de a usares para ti.

Nota Ed: Veja este e outros artigo na nossa secção de estratégia.

Mais notícias

O que pensas?