Psiquiatra do Poker – Atenção Selectiva

Psiquiatra do Poker – Atenção Selectiva 0001

Atenção selectiva é concentrar propositadamente a sua consciência num estímulo específico. Visto assim parece-se muito com: prestar atenção. Mas façam este teste comigo. Continuem a olhar para as palavras no ecrã; não afastem a visão do ecrã. Agora na sua visão periférica existem alguns objectos – quais são? Fotos na parede? Um sofá? Um gato? Sejam lá quais forem, tome nota delas sem afastar o olhar do ecrã. E os sons? Sons de trânsito? Alguém a falar no quarto ao lado? Televisão ou rádio? Tome nota destes também. Como é que se sente? Cansado? A cadeira é dura? Está sentado com as pernas cruzadas? Todas eram sensações que você não estava a pensar antes de fazer o meu teste. Mas agora está. Porquê? Porque está prestando atenção selectiva ao conteúdo deste artigo. Obrigado, agradeço a atenção.

Agora você está sentado numa mesa de poker num grande torneio. Os responsáveis tentam minimizar as distracções: esperemos que não esteja sentado ao pé de uma máquina da "Roda da Sorte!". A atenção é utilizada apenas onde ela é necessária. Por isso, distracções vindas de fora são contidas ao mínimo, excepto o ecrã plasma com o torneio de NCAA, a jogadora muito atraente no lugar quatro (escolha o sexo da sua escolha), e a fome que você tem e - - onde está a empregada que serve os cocktails??

Está a perceber, não está? Você nunca está sem dezenas de possíveis distracções. Por isso tem que estar a prestar atenção selectiva até para caminhar até a sua mesa, mas esqueça e jogue o seu melhor possível.

Pronto, pronto! Você deve dizer. Presta atenção, não te distraias. E depois?

Mas atenção selectiva, é mais do que prestar atenção ao jogo, é um acto consciente da sua parte para focar a sua atenção num determinado aspecto do jogo e de excluir tudo o que não faz parte do mesmo. O seu foco no torneio é a sua atenção selectiva a um aspecto em particular do jogo. Aqui está o melhor exemplo que já presenciei.

A alguns anos atrás eu estava a fazer a cobertura de um torneio e estava a trabalhar o horário todo de um evento das WSOP, estava a fazer cobertura de 18 final tables em 18 dias. Tive a sorte de estar a trabalhar com um dos melhores directores de torneio, Johnny Grooms. Cada dia, eu e o Johnny estaríamos lado a lado enquanto se jogava a final table, eu passava a informação para o meu portátil e o Johnny dirigia a mesa e também era o coordenador do pessoal dos outros eventos e satélites. Por isso, nenhum de nós estava com atenção todo tempo na mesa.

No dia 15 decidimos fazer uma pequena experiência de atenção selectiva. Iríamos estar a observar os jogadores da final table para perceber os seus tells com as apostas e com as suas mãos. A ideia era que iríamos focar em como os jogadores colocariam as fichas no pote quando apostavam, e tentar fazer alguma leitura disso. O plano era não comparar apontamentos até ao segundo intervalo, depois de duas horas de final table. O que estávamos a fazer era prestar atenção selectiva a um determinado aspecto do jogo.

No fim do segundo intervalo estavam seis jogadores em jogo e concordamos em cinco das nossas leituras.

Lugar um: Fazia sempre apostas fortes e jogava as fichas quando fazia bluff. Este é o tell mais comum com as fichas.

Lugar dois: Este era o único profissional na mesa e ambos concordamos que ele colocava as fichas no pote da mesma maneira, em todas as vezes que apostava.

Lugar três: Este jogador colocava sempre as fichas no pote mas se estava em draw ou a fazer bluff, ele colocava as fichas em montes de cinco. Quando ele tinha mesmo uma mão ele ponha só num monte.

Lugar quatro: Outro jogador que colocava as fichas quando tinha nuts, e jogava-as quando estava a fazer bluff. Ele também falaria muito quando fazia bluff e calava-se quando tinha mesmo uma boa mão.

Lugar cinco: O nosso único desacordo. Eu achava que este gajo era muito inconstante para se fazer uma leitura. O Johnny achava que ele jogava as fichas e apostava muito mais rápido quando tinha boa mão. O Johnny tinha razão; depois de me ter dito reparei que ele agia desta forma.

Lugar seis: Este jogador deixava cair fichas, baralhava-as, contava-as mal ou seja parecia que nunca tinha jogado num torneio na sua vida. Descobrimos mais tarde quando ele saiu em terceiro lugar que realmente ele nunca tinha jogado um torneio na sua vida.

Ninguém na mesa fez estas leituras, caso o tenham feito, os jogadores dos lugares um e quatro teriam sido eliminados mais cedo. Mas não gostariam de estar na mesa com estas leituras. Chamam-lhe atenção selectiva; experimentem para a próxima vez que estiverem numa mesa.

Nota Ed: A PokerStars oferece aos nossos jogadores um bónus de primeiro depósito de 100% até $600. Participe também nos Freerolls de $2,000 Especiais PokerNews.

Mais notícias

O que pensas?